PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Criticado por ex-campeão, Stroll diz que 'calou críticos' na Fórmula 1

Lance Stroll, da Williams, comemora primeiro pódio na F-1. Canadense foi 3º no GP de Baku - Mark Thompson/Getty Images
Lance Stroll, da Williams, comemora primeiro pódio na F-1. Canadense foi 3º no GP de Baku Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

26/12/2017 12h50

Lance Stroll chegou à Fórmula 1 aos 18 anos e sob muita desconfiança. Suas primeiras corridas na categoria, quando não terminou, serviram para aumentar o coro dos críticos. Campeão da categoria, Jacques Villeneuve chegou a dizer que o desempenho de Stroll era patético.

Mas o jovem canadense começou a pontuar após sete provas, conseguiu pódio em Baku e deixou boa impressão para 2018.

O canadense da Williams terminou o Mundial de Pilotos na 12ª colocação, com 40 pontos. Seu companheiro de equipe, Felipe Massa, foi o 11º, com 43 pontos.

Terminado o primeiro ano na F-1, Stroll disse que calou críticos.

“Se as pessoas não querem ver, o problema é delas. Eu não faço para provar que alguém está errado. Eu busco o melhor para provar para mim que sou capaz”, disse Stroll a “Autosport”.

“[Críticas] Isso é uma coisa que não muda nada para mim. Eu sou a mesma pessoa quando há oito meses estava passando por situação crítica na Fórmula 1”, reforçou Stroll.

Fórmula 1