PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Mesmo com vitória de Hamilton, Vettel celebra velocidade da Ferrari

Hamilton lidera a prova na Bélgica, com Vettel em segundo - Reuters
Hamilton lidera a prova na Bélgica, com Vettel em segundo Imagem: Reuters

Julianne Cerasoli

Do UOL, de Spa-Francorchamps (BEL)

27/08/2017 12h32

O GP da Bélgica teve Lewis Hamilton na frente do começo ao fim, mas o fato da vantagem da Mercedes não ter sido tão grande como o esperado, em um circuito de curvas rápidas que, em teoria, favoreceriam o carro da Mercedes, acabaram deixando seu rival e segundo colocado na prova, Sebastian Vettel, animado.

“Foi um final de semana fantástico para a equipe, o carro estava muito rápido e acho que não temos de nos preocupar em relação a isso”, disse o alemão, ouvido pelo UOL Esporte após a prova.

Vettel não deixou Hamilton abrir mais de três segundos por toda a prova, mas teve apenas uma chance de ultrapassar, em uma relargada após um período de Safety Car.

“Fiquei surpreso por como eu consegui seguir Hamilton de perto. Mas não tive uma chance real até a relargada. Lá eu tinha uma chance, mas era uma meia chance. Estou um pouco bravo comigo mesmo, provavelmente estava perto demais na saída da curva um. Mas é sempre complicado na relargada porque você também tem que se preocupar com quem vem atrás.”

Hamilton, por sua vez, ficou satisfeito por ter diminuído a desvantagem no campeonato de 14 para sete pontos, com oito corridas para o final da temporada.

“Foi um ótimo final de semana, realmente não poderia ter pedido mais. Foi uma corrida dura, mas é para isso que eu trabalho, que nós trabalhamos. Estou muito orgulhoso do trabalho da equipe, todos estão forçando e temos de continuar assim porque as Ferrari são rápidas”, reconheceu o inglês.

“Não tive espaço para respirar, mas é assim que as corridas devem ser. Tive que dar o melhor de mim e eu me orgulho muito de não cometer erros. Acho que hoje o nível de erros foi bem mínimo, se na verdade aconteceu algum erro. Quero continuar pilotando assim, à perfeição.”

A próxima etapa será já no domingo, no GP da Itália.

Fórmula 1