PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Aposta em novidades e olho no clima: o que esperar do GP da Bélgica

Sebastian Vettel, da Ferrari, defende vantagem de 14 pontos no campeonato - AFP PHOTO / JOE KLAMAR
Sebastian Vettel, da Ferrari, defende vantagem de 14 pontos no campeonato Imagem: AFP PHOTO / JOE KLAMAR

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Londres (ING)

22/08/2017 05h45

Na primeira corrida após as férias de agosto da Fórmula 1, pilotos e equipes enfrentam uma das pistas mais desafiadoras do campeonato, em Spa-Francorchamps, na Bélgica. Sebastian Vettel chega à 12ª etapa com 14 pontos de vantagem para Lewis Hamilton, mas vê a Mercedes com um rendimento melhor no geral nas últimas etapas. A prova também marca o retorno de Felipe Massa depois de não ter disputado o GP da Hungria por problemas físicos.

Confira o que esperar do GP da Bélgica:

1. Carros com novidades: Depois de quase um mês sem corridas, as equipes sempre levam muitas novidades para o GP da Bélgica, em uma das últimas oportunidades de fazer atualizações mais extensas antes que o campeonato inicie uma sequência de sete corridas em quatro continentes. E isso pode mexer na disputa acirrada entre Mercedes e Ferrari pelo campeonato.

2. Incertezas do clima: Na pista mais extensa do campeonato e em meio a uma floresta, o clima instável em Spa-Francorchamps sempre é um desafio para as equipes, pois não é raro que chova apenas em parte do circuito, dificultando as estratégias. E neste ano não deve ser diferente: há a previsão de chuva para o sábado e o domingo.

3. Massa recuperado? O brasileiro não disputou a última prova em Budapeste depois de sentir vertigens durante os treinos livres. De lá para cá, Massa não comentou sobre sua saúde, mas publicou fotos nas mídias sociais treinando normalmente, mas deve comprovar apenas na pista em Spa se está totalmente recuperado, uma vez que é difícil replicar as mesmas condições de pista.

4. Red Bull vai incomodar? O time de Daniel Ricciardo e Max Verstappen chegou a liderar os treinos livres em Budapeste após uma extensa atualização no carro, e na Bélgica vai contar também com uma nova versão do motor Renault, uma das grandes desvantagens do time neste ano na briga com Mercedes e Ferrari.

5. Russo sob pressão: Daniil Kvyat está a dois pontos de se tornar o primeiro piloto a levar um gancho de um GP por ter atingido os 12 pontos de punição ao longo de um ano. Para evitar isso, o piloto da Toro Rosso, que se envolveu em incidentes especialmente nas últimas quatro etapas, precisa passar em branco em todas as etapas até o GP do México, no final de outubro.

Confira os horários do GP da Bélgica
Sexta-feira, 25/08
Treino Livre 1 - 5h – 6h30
Treino Livre 2 - 9h – 10h30

Sábado, 26/08
Treino Livre 3   6h – 7h
Classificação – 9h – 10h

Domingo, 27/08
Corrida – 9h

Fórmula 1