PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Mercedes se preocupa, mas Ferrari não tem certeza se fez carro mais rápido

GP
Imagem: GP

Do UOL, em São Paulo

26/03/2017 12h27

A vitória de Sebastian Vettel no GP da Austrália de Fórmula 1 abriu a perspectiva de uma temporada mais equilibrada depois de três anos de domínio absoluto da Mercedes. Mas, pelo menos por enquanto, a Ferrari não que se empolgar com o desempenho na primeira corrida do ano, em Melbourne.

Em entrevista à Sky Sports F1, o chefe de engenharia da escuderia, Jock Clear, disse que a corrida, em parte vencida graças a uma estratégia certeira que colocou o alemão na frente após a parada nos boxes, não pode ser considerada um parâmetro definitivo.

"Se eles (Vettel e Hamilton) tivessem entrado em batalha em algum momento, teríamos visto quem era mais rápido. Mas, honestamente, eu não consigo dizer qual foi o carro mais rápido hoje, porque eu não acho que nenhum deles teve a oportunidade de colocar pressão”, disse Clear.

Se a Ferrari mantém os pés no chão, a Mercedes já está com o sinal e alerta ligado. O diretor executivo Toto Wolff foi enfático ao dizer quem teve o melhor desempenho durante a corrida em Melbourne. "Algumas você ganha, e algumas vocês perde, e a Ferrari tem o carro mais rápido", disse.

Uma visão mais clara sobre o estágio da Ferrari em relação à Mercedes será possível no dia 9 de abril, quando será realizado o segundo GP da temporada, na China.

Fórmula 1