PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Hamilton é mais rapper que piloto e precisa de foco, defende Briatore

Charles Coates/Getty Images
Imagem: Charles Coates/Getty Images

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Cingapura

21/09/2016 08h56

As últimas três etapas da Fórmula 1 mudaram a história do campeonato: depois de Lewis Hamilton se recuperar de um início difícil e descontar uma diferença que chegou a ser maior que 40 pontos em relação a Nico Rosberg, o alemão virou o jogo novamente e voltou à ponta da tabela com vitórias na Bélgica, Itália e Cingapura e agora lidera com oito pontos de vantagem.

O embalo do piloto da Mercedes é tanto que já há quem acredite que Hamilton dificilmente se recuperará. E, para Flavio Briatore, o motivo é claro: depois de conquistar o tricampeonato de forma dominante ano passado, o inglês não está mais tão focado.

“Parece que Rosberg colocou suas ideias no lugar. Hamilton tem um grande talento, mas ele é muito rapper e se você quiser ganhar precisa focar nisso. Seu eu fosse ele, pensaria menos em música e mais na F-1”, disse o italiano.

O ex-chefe da Renault não está sozinho. O tricampeão Jackie Stewart é outro que duvida que o inglês vá conseguir segurar o avanço de Rosberg no campeonato.

“Desde Spa, Rosberg parece mais calmo e mais estável que Hamilton. Vejo-o como o novo campeão do mundo”, afirmou.

O campeonato ainda tem seis provas, com 150 pontos em jogo. A próxima etapa será na Malásia, dia 2 de outubro.

Fórmula 1