PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Vettel defende que F-1 continue correndo em pistas perigosas: 'Gera emoção'

Vettel elogiou a nova pista de Baku - Luca Bruno/AP
Vettel elogiou a nova pista de Baku Imagem: Luca Bruno/AP

Do UOL, em Barcelona (ESP)

22/06/2016 05h53

Sebastian Vettel defendeu que o perigo continue sendo parte importante do automobilismo, mesmo com todos os esforços para aumentar a segurança das competições. Falando em uma conferência na Itália que reúne lideranças do esporte a motor de todo o mundo, o alemão elogiou a pista de Baku, no Azerbaijão, que estreou no último final de semana.

“O que me fascinou quando eu era criança foi a velocidade. Acho que o automobilismo deveria manter seus pilares originais e a velocidade é um deles. As velocidades de contorno de curva são incríveis e isso se manteve assim desde sempre”, explicou o alemão na conferência promovida pela FIA em Turim, na Itália. “Em certa medida, o perigo também [é importante] porque também faz ser emocionante.”

Vettel defendeu a realização do GP da Europa em Baku, no Azerbaijão, mesmo com os trechos bastante sinuosos - cuja largura chega a menos de 8m - e uma reta bastante longa, que permitiu a Valtteri Bottas chegar a 378km/h e bater o recorde de velocidade máxima de um F-1 em sessões oficiais.

“Baku foi um circuito muito criticado por ser perigoso, mas eu discordo. Acho que a FIA e os organizadores fizeram um grande trabalho ao colocar uma pista em um lugar que não foi feito para isso, mas é fantástico. O lugar é espetacular, há poucas chances de errar, e por isso é emocionante. É isso que deu emoção no passado e é isso que dá emoção hoje”.

Mesmo considerando o risco uma parte importante de seu trabalho, Vettel também destacou a importância das melhorias no campo da segurança.

“O fato dos carros terem se tornado mais seguros é muito melhor para nós. Não podemos fechar os olhos se coisas ruins acontecerem. Acho que precisamos reagir. Acho que fizemos isso nos últimos anos e ainda fazemos hoje. Essa é a abordagem correta.”

Fórmula 1