PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Monza precisa de 78 milhões de reais para salvar GP, estimam autoridades

AP Photo/Luca Bruno
Imagem: AP Photo/Luca Bruno

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Barcelona (ESP)

21/06/2016 09h38

Em meio a incertezas sobre a continuidade do GP da Itália que já duram meses, o governo da região da Lombardia, na qual se localiza o circuito de Monza, afirmou estar comprometido em ajudar financeiramente a pista para a manutenção da prova. Segundo as autoridades, são necessários 20 milhões de euros - em torno de 78 milhões de reais - para salvar a prova.

“Queremos salvar o GP em Monza pelos próximos quatro anos”, disse o presidente da região da Lombardia, Roberto Maroni. “São 20 milhões de euros para renovar a concessão do GP entre 2017 e 2018, sob algumas condições que estamos discutindo. Se as condições estiverem acertadas, os recursos estarão disponíveis no orçamento. Caso o acordo não seja fechado, estes recursos serão destinados ao esporte.”

Maroni disse que tem um acordo com a Sias, entidade que administra o autódromo, para ajudar financeiramente na manutenção da etapa.

“Estamos à disposição para dar uma mão, temos interesse em entrar com uma cota minoritária. Não queremos perder o GP em Monza porque é uma parte importante do Parque de Monza”, justificou. “Estamos em negociações, e acredito que poderemos chegar a um acordo.”

 

Fórmula 1