PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Sergio Perez comemora 'melhor volta da vida', mas paga caro por batida

Perez ficou feliz por melhor volta da vida - AFP PHOTO / ANDREJ ISAKOVIC
Perez ficou feliz por melhor volta da vida Imagem: AFP PHOTO / ANDREJ ISAKOVIC

Julianne Cerasoli

Do UOL, em Baku (Azerbaijão)

18/06/2016 11h54

Sergio Perez vai alinhar apenas na quarta fila do grid de largada para o GP da Europa, em Baku, no Azerbaijão. Porém, o mexicano não poderia estar mais satisfeito com sua performance na classificação, tendo dado o que considerou a melhor volta de sua vida.

Perez se classificou em segundo. Porém, devido à troca do câmbio, consequência de um acidente sofrido ainda no terceiro treino livre, disputado horas antes da classificação, vai largar em sétimo.

“É como se fosse uma pole. Preciso agradecer à equipe, especialmente o meu pessoal, por ter conseguido participar da classificação depois da batida. Eu ainda estava triste por conta do erro do treino, então estou dividido”, admitiu o piloto.

“Foi uma sessão muito difícil para mim porque, depois de um acidente, você sempre perde um pouco de confiança, então conseguir fazer uma volta tão boa é algo que me deixa contente. Fico com a melhor volta que já fiz na Fórmula 1, então estou feliz porque é um circuito no qual o piloto pode fazer a diferença.” 

Perez reconheceu que a própria equipe está surpresa com a competitividade demonstrada neste final de semana, muito em função da vantagem das equipes que têm o motor Mercedes.

“Com a punição, vou largar apenas em sétimo e acho que a equipe merece mais do que isso, então preciso de uma corrida forte. Estávamos esperando ser fortes aqui, mas não tanto. Fazer o segundo tempo em uma pista tão difícil… é tão fácil cometer um erro nesta pista e infelizmente aconteceu na pior hora para mim.”

O GP da Europa tem largada às 10h do domingo, pelo horário de Brasília.

Fórmula 1