PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Novato indonésio ganha eleição de melhor piloto do dia; F1 muda resultado

Rob Griffith/AP
Imagem: Rob Griffith/AP

Do UOL, em São Paulo

22/03/2016 09h49

O mistério do sumiço da votação de ‘Piloto do Dia’, cujo resultado deveria ter sido anunciado tão logo o GP da Austrália terminou, tem uma explicação no mínimo inusitada: um documento publicado sem alarde pela Federação Internacional de Automobilismo em sua página oficial mostra que o estreante indonésio Rio Haryanto ganhou com folga a eleição, feita durante a prova entre fãs na internet.

A corrida de Melbourne deveria marcar a estreia da novidade, uma tentativa de aproximar a categoria dos fãs. Mas acabou sendo a oportunidade perfeita para a torcida pelo primeiro piloto da Indonésia, país de 250 milhões de habitantes, se manifestar.

Haryanto, que corre pela Manor, ficou no fundo do pelotão até a volta 17, quando abandonou com problemas técnicos.

O documento da FIA mostra que o piloto recebeu mais de 22 mil votos, enquanto o segundo colocado, Romain Grosjean, que levou a equipe Haas aos pontos logo em sua estreia, recebeu 13 mil votos.

Apenas nesta terça-feira, a FIA anunciou, por meio da página oficial da Fórmula 1, a vitória de Grosjean, e explicou que “para manter a justiça, votações múltiplas identificadas como originárias da mesma fonte não foram contadas.”

A mudança no resultado provocou revolta entre os fãs de Haryanto. Um blog dedicado ao piloto publicou que se sente injustiçado, uma vez que o sistema usado pela FIA permitia que se votasse várias vezes no mesmo piloto. "Se eles não quisessem isso, que fizessem um sistema diferente. Até nós sabemos fazer isso." O texto do blog prosseguiu afirmando que "acordamos congratulando nosso herói por seu esforço (20 minutos que nunca vamos esquecer [referindo-se ao tempo em que o piloto permaneceu na corrida])."

Sebastian Vettel foi o terceiro mais citado, com mais de 6 mil votos, superando Verstappen, Alonso e Hamilton. O vencedor do GP da Austrália, Nico Rosberg, recebeu apenas 2134 votos e ficou em sétimo na votação original.

Fórmula 1