PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Animada com ritmo demonstrado no GP da Austrália, McLaren se vê no top 10

Bai Xue/XinHua
Imagem: Bai Xue/XinHua

Do UOL, em São Paulo

22/03/2016 09h07

Apesar do resultado final do GP da Austrália não ter sido dos melhores - Jenson Button foi apenas o 14º e Fernando Alonso abandonou após forte batida - a McLaren saiu animada da primeira etapa do campeonato. E já pensa em lutar regularmente por pontos nas próximas provas.

“O ritmo do carro é bom, muito encorajador, e sabemos que temos algo com que lutar neste ano”, disse o chefe da equipe, Eric Boullier, à Autosport.

“Sabemos que temos algumas novidades chegando que devem fazer com que estejamos regularmente no Q3. E se isso acontecer a história é diferente: dá para lutar por pontos.”

Até o acidente, Alonso vinha andando na zona de pontos com certa tranquilidade. O mesmo poderia ter acontecido com Button caso a equipe não tivesse errado na estratégia justamente após a bandeira vermelha causada pelo acidente do espanhol.

“Erramos na escolha do pneu”, avaliou Boullier. Button optou pelos supermacios na relargada. “A degradação era muito alta e perdemos ritmo. Depois optamos pelo pneu médio e voltamos ao ritmo correto, mas já era tarde demais e Jenson ficou preso atrás de Nasr. Ele não conseguia passar, mesmo sendo muito mais rápido.”

Ainda assim, o final de semana em Melbourne foi muito mais positivo do que há 12 meses, quando problemas de confiabilidade do motor Honda tiraram a equipe da corrida logo em seu início.

Fórmula 1