PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Em manhã com novo bico da Mercedes e problemas na McLaren, Raikkonen lidera

Lewis Hamilton fez longa sequência de voltas com o novo bico da Mercedes - Sergio Perez/Reuters
Lewis Hamilton fez longa sequência de voltas com o novo bico da Mercedes Imagem: Sergio Perez/Reuters

Do UOL, em São Paulo

25/02/2016 08h59

O último dia da primeira semana de testes da pré-temporada da Fórmula 1 teve o finlandês Kimi Raikkonen, da Ferrari, assumindo a ponta na última hora e fechando a manhã na frente. O finlandês repetiu o programa feito por seu companheiro Sebastian Vettel no segundo dia de práticas e fez simulações com os pneus supermacios e ultramacios. Porém, foi seis décimos mais lento que o alemão, que fechou esse primeiro teste com o melhor tempo.

Kevin Magnussen, que retorna neste ano ao grid pela Renault, ficou em segundo e Max Verstappen, da Toro Rosso, em terceiro. Mas os grandes destaques da manhã desta quinta-feira em Barcelona foram a estreia de um novo bico da Mercedes e os problemas da McLaren.

As atividades de pista realizadas no Circuito da Catalunha contaram com a participação dos brasileiros Felipe Massa e Felipe Nasr. O piloto da Williams não deu muitas voltas no período da manhã, focando em comparações aerodinâmicas e fazendo testes em velocidade constante. Com isso, não marcou bons tempos, fechando o período em oitavo. Já Nasr, que usa o carro de 2015, uma vez que o novo modelo da Sauber só vai estrear no segundo teste, que começa dia 1º de março, chegou a fazer simulações com poucas voltas e pneus macios, mas não passou da quinta colocação. Além de Raikkonen, que chegou a usar os ultramacios, apenas o piloto da Sauber e Magnussen usaram o composto macio pela manhã. O restante manteve os médios. 

Usando o novo bico da Mercedes, Lewis Hamilton impressionou com uma sequência longa de voltas em que se manteve com o ritmo muito estável. Os atuais bicampeões do mundo, contudo, ainda não mostraram o que podem fazer em uma volta lançada e o inglês foi o sétimo colocado na tabela de tempos. No período da tarde, a Mercedes escalou Nico Rosberg para finalizar o teste.

Já na McLaren, Fernando Alonso deu apenas três voltas pela manhã e não marcou tempo devido a um problema nos sensores que medem a pressão de água do carro, o que manteve o espanhol nos boxes. Na quarta-feira, o time já havia tido outro tipo de problema com Jenson Button, o que também atrapalhou o programa.

Os demais pilotos que participam deste último dia da primeira bateria de testes são Daniil Kvyat, da Red Bull, que foi o quarto pela manhã, o piloto de testes mexicano Alfonso Celis, da Force India, sexto, Esteban Gutierrez, da Haas, nono, e Rio Haryanto, da Manor, décimo colocado.

Os testes terminam às 18h locais, 14h pelo horário de Brasília. A Fórmula 1 voltará ao Circuito da Catalunha para o segundo e último teste, entre 1º e 4 de março. A temporada começa dia 20 de março, com o GP da Austrália.

Confira os tempos (25.02 - período da manhã)
1.Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari-Ferrari) 1m 23.477s
2. Kevin Magnussen (DIN/Renault-Renault) 1m 25.393s
3. Max Verstappen (HOL/Toro Rosso-Ferrari) 1m 26.393s
4. Daniil Kvyat (RUS/Red Bull-TAG-Heuer) 1m 25.900s
5. Felipe Nasr (BRA/Sauber-Ferrari) 1m 26.053s (carro de 2015)
6. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes-Mercedes) 1m 26.295s
7. Alfonso Celis (MEX/Force India-Mercedes) 1m 26.875s
8. Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes) 1m 28.684s
9. Esteban Gutierrez (MEX/Haas-Ferrari) 1m 29.088s
10. Rio Haryanto (IDN/MRT-Mercedes) 1m 29.878s
11. Fernando Alonso (ESP/McLaren-Honda) Sem tempo 

Fórmula 1