PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Novo motor Honda é mais potente, mas continua quebrando muito, diz jornal

Mark Thompson/Getty Images
Imagem: Mark Thompson/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

16/02/2016 09h44

Apesar de ter evoluído significativamente em termos de potência, o motor Honda ainda não é confiável e tem sofrido quebras constantes nas simulações feitas pela McLaren. A informação é do jornal espanhol Marca, que não cita fontes oficiais.

Segundo a publicação, “foi constatado um aumento significativo da potência do carro, ainda que falar sobre quantidades seja um exercício inútil”. A citação se refere a uma matéria publicada recentemente pelo concorrente As, dando conta de que a Honda terá 230cv a mais em 2016.

Sabe-se que a montadora aumentou a capacidade do turbo e redesenhou o MGU-H, sistema de recuperação de energia calorífica, grande responsável pelos cerca de 160cv a menos que o motor tinha ano passado em relação aos Mercedes e Ferrari em retas. Como o sistema todo era pequeno demais, a energia recuperada não era suficiente para ser usada por muito tempo pelos pilotos da McLaren, Fernando Alonso e Jenson Button.

Porém, o Marca informou que, “mesmo nos testes feitos sob condições ideais de laboratório no banco de provas, [o motor] sofreu repetidas quebras, quase todas elas precisamente no novo turbo.”

Os problemas seriam de superaquecimento, mesmo que o novo motor trabalhe em um número inferior de rotações em relação ao modelo de 2015. O motivo apontado para isso é a imaturidade do projeto, o que daria esperança de solução até o início da temporada. Porém, a publicação não descarta que a manutenção do posicionamento do turbo, dentro do V do motor, dificulte o arrefecimento, configurando-se em um problema estrutural de mais difícil solução.

Depois de viver uma de suas temporadas mais difíceis da história em 2015, muito em função da falta de competitividade do motor Honda, a McLaren lança seu carro para 2016 dia 21, um dia antes de entrar na pista para iniciar os testes de pré-temporada, em Barcelona, na Espanha.

Fórmula 1