PUBLICIDADE
Topo

Fórmula 1

Chefe da Red Bull irritado e cerveja de Bottas: GP do Azerbaijão em frases

DAVID MDZINARISHVILI/REUTERS
Imagem: DAVID MDZINARISHVILI/REUTERS

Do UOL, em São Paulo

30/04/2018 04h00

O Grande Prêmio do Azerbaijão de 2017 foi uma das etapas mais disputadas da temporada. E tudo indica que, em 2018, terá novamente pouca concorrência de outras corridas neste sentindo.

Vamos começar pelo treino de classificação. No Q1, a Haas de Romain Grosjean teve problemas, e o francês deixou o carro desolado, em imagem bastante marcante. Lembrou? Pois é: não foi só isso.

Ainda durante o treino, mas já no Q3, Kimi Raikkonen dava toda a pinta de que conquistaria a pole position. Foi o mais rápido do primeiro setor, foi o mais rápido também no segundo setor... Mas errou no terceiro setor e acabou ficar apenas com a sexta colocação no grid de largada.

Mas se teve alguém com motivos para reclamar dos treinos, este alguém foi Pierre Gasly. Depois de quase sofrer um grave acidente com o dinamarquês Kevin Magnussen (Haas) no segundo treino livre, o francês da Toro Rosso conseguiu escapar de uma batida ainda mais grave no treino de classificação – desta vez, com seu próprio companheiro de equipe, o neozelandês Brendon Hartley.

E teve, é claro, a corrida – com bastante emoção. Depois de uma batida entre os dois carros da Red Bull nas últimas voltas, o safety car entrou na pista; na saída, Sebastian Vettel atacou o líder Valtteri Bottas, mas escapou da pista e voltou em quarto. Bottas seguiu na liderança, mas teve um pneu furado e viu a vitória cair no colo de seu companheiro, Lewis Hamilton.

E não foi só isso. Fora das pistas, o pessoal não poupou palavras. Na sexta, Lance Stroll respondeu às críticas do ex-companheiro Felipe Massa. Já na corrida, Bottas encontrou uma forma de curar a tristeza com o pneu furado e o chefe da Red Bull ficou furioso com o acidente entre Ricciardo e Verstappen.

Veja as melhores frases do fim de semana da F-1

  • Valteri Bottas

    Talvez após 10 pints (copos de cerveja) e estarei bem! Superarei isso. Claro que sempre temos que superar as dificuldades, faz parte da corrida. Mas neste momento, é muito doloroso

  • Lewis Hamilton

    "Foi uma corrida emocionante. Valtteri (Bottas) merecia vencer. É entranho estar aqui em cima (do pódio), mas eu não desisti" Leia mais

  • Christian Horner

    Nós permitimos a disputa entre eles (Ricciardo e Verstappen), permitimos que batam roda com roda. Mas já discutimos internamente sobre dar espaço um ao outro. Infelizmente, o que aconteceu foi o resultado da ação de dois caras fazendo as coisas por conta própria, o que não deveria ter acontecido

  • Lance Stroll

    "No ano passado, eu terminei uma posição atrás de Felipe, e não usando Felipe como uma referência, mas usando a mim mesmo como referência" Leia mais

  • Sebastian Vettel

    "Em geral, eu conheço (Ricciardo) há muito tempo e acho que é um bom garoto" Leia mais

  • Pierre Gasly (1)

    "Ele (Magnussen) meio que me empurrou. Foi muito perigoso. Não sei quanto espaço havia entre os dois carros, mas achei que ele arrancaria minha asa dianteira" Leia mais

  • Pierre Gasly (2)

    "Eu ia a mais ou menos 320 km/h e vi que ele (Hartley) estava quase parado. Consegui desviar, mas estava quase certo de que iria acertá-lo. Pude ver a mim mesmo pelos ares, fiquei com muito medo" Leia mais

  • Romain Grosjean

    "Fui reto para a área de escape. Engatei a ré, tudo estava funcionando, e então tivemos um problema hidráulico. Não podia fazer mais nada - aumentar a marcha, reduzir a marcha, qualquer coisa. Fiquei travado em ponto morto" Leia mais

  • Kimi Raikkonen

    "Escapei de lado. Recuperei, mas, naquele ponto, eu já sabia que tudo estava perdido, já que o restante do circuito é de pé embaixo. Foi um erro que nos custou algumas posições" Leia mais

Fórmula 1