UOL Esporte - Copa 2006UOL Esporte - Copa 2006
UOL BUSCA

05/07/2006 - 18h54

"Não estávamos mortos e chegamos à final", diz Henry

Das agências internacionais
Em Munique (Alemanha)

Reuters

Atacante Thierry Henry deixa o campo para a entrada de Saha

O atacante francês Thierry Henry elogiou a recuperação de sua seleção na Copa do Mundo, após a vitória por 1 a 0 sobre Portugal e a classificação dos "Bleus" para a final do torneio, contra a Itália.

"Estamos diante da última etapa. Foi difícil, mas demonstramos que, acima de tudo, não estávamos mortos. Somos uma grande equipe e isso é o que conta", disse o jogador do Arsenal.

O atacante afirmou também que o grupo francês não buscou semelhanças com o Mundial de 1998 (único título da França, conquistado em casa) e disse que contra os portugueses se concentrou apenas em "dar o passo necessário para avançar". "Agora estamos na final. E isso é o que importa".

O atacante francês acrescentou que o ponto alto da França diante de Portugal foi a defesa. "Nos defendemos como leões. Depois do pênalti, a forma como nos defendemos foi genial", afirmou o jogador do Arsenal.

Sobre a final do próximo domingo, contra Itália, que busca o tetracampeonato Mundial, Henry espera um jogo complicado. "Sempre é difícil. E será uma partida muito dura", concluiu.

SELEÇÕES