UOL Esporte - Copa 2006UOL Esporte - Copa 2006
UOL BUSCA

05/07/2006 - 17h54

Final França x Itália revive decisão espetacular da Euro-2000

Da Redação
Em São Paulo

Reuters

Reuters

Trezeguet comemora seu gol do título na Eurocopa de 2000

Rivais há 96 anos, França e Itália vão reeditar na final da Copa do Mundo uma das decisões mais emocionantes da história, ocorrida na Eurocopa de 2000. Na última partida entre os dois países até agora, os franceses conquistaram o título europeu com uma virada espetacular de 2 a 1. O empate saiu com gol de Wiltord, aos 49min do 2º tempo, forçando o tempo extra de 30 minutos. E o gol da vitória por "morte súbita", feito por Trezeguet, veio aos 13min do 1º tempo da prorrogação.

Daquela partida, ainda estão na seleção da França: Barthez, Thuram, Vieira, Zidane, Trezeguet e Wiltord. Pela Itália, jogaram naquele dia em Roterdã (Holanda) e estão em 2006: Cannavaro, Nesta, Del Piero e Totti.

Foi o mais memorável e importante dos 32 jogos entre os dois países, mas não o mais histórico. Afinal, a partida realizada em Milão no dia 15 de maio de 1910 foi a primeira da história da seleção italiana (era a 17ª dos franceses, que já atuavam desde 1904). A Itália venceu sua partida pioneira com uma goleada de 6 a 2.

Em Copas do Mundo, foram quatro partidas, três delas em mata-mata e duas delas em território francês.

CONFRONTOS

Jogos32
Vitórias Itália17
Empates8
Vitórias França7
Gols Itália75
Gols França44
Na Copa de 1938, a Itália venceu a dona da casa por 3 a 1 nas quartas-de-final. A "Azzurra" acabaria bicampeã naquela Copa, superando o Brasil na semifinal e a Hungria na final.

Como os dois tinham camisas azuis, os italianos mudaram de uniforme e jogaram com camisas, calções e meias pretos. A razão era que a cor preta era um símbolo do fascismo, regime imposto pelo ditador Benito Mussolini, que governava a Itália na época.

Na Argentina, em 1978, os dois países se enfrentaram logo na estréia da primeira fase. A França abriu o placar logo aos 37 segundos de jogo, com gol de Lacombe. Mas a Itália virou para 2 a 1. Esta é a última vitória italiana até agora.

Nas oitavas-de-final de 1986, no México, a França do meia Platini finalmente levou a melhor e venceu por 2 a 0, se classificando para enfrentar o Brasil nas quartas.

O mata-mata mais recente foi na Copa de 1998, novamente na França. Após 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação, a França venceu nos pênaltis e partiu rumo ao seu primeiro título.

Jogo com 13 gols
Em janeiro de 1920, Itália e França fizeram em Milão um amistoso com uma contagem impressionante para os padrões atuais do futebol. Os italianos venceram por 9 a 4. O centroavante Brezzi, que jogava no Genoa, foi o artilheiro dessa partida inusitada com quatro gols.

Curiosamente, as duas seleções se enfrentaram novamente, com apenas poucas mudanças nas escalações, oito meses depois pelas quartas-de-final das Olimpíadas de Antuérpia, na Bélgica. E a França venceu por 3 a 1.

Além do jogo de 13 gols e dos 6 a 2 em sua primeira partida, a Itália foi a vitoriosa nas outras goleadas ocorridas nos confrontos entre as duas seleções: 7 a 0 em 1925, 5 a 0 em 1931 e 4 a 1 em 1951.

SELEÇÕES