UOL Esporte - Copa 2006UOL Esporte - Copa 2006
UOL BUSCA

08/07/2006 - 18h35

Aos 37 anos, Oliver Kahn deixa a seleção da Alemanha

Das agências internacionais
Em Stuttgart (Alemanha)
Melhor jogador da Copa do Mundo de 2002, o goleiro Oliver Kahn anunciou neste sábado que não vai mais defender a seleção da Alemanha. O anúncio foi feito logo após os alemães derrotarem Portugal por 3 a 1 na disputa do terceiro lugar da Copa do Mundo de 2006.

Reuters

Oliver Kahn cumprimenta Jens Lehmann ao final da partida

FOTOS DO 1º TEMPO
FOTOS DO 2º TEMPO
FOTOS DAS TORCIDAS
FOTOS DA FESTA ALEMÃ
"Esta foi a minha última partida pela seleção. Foi uma época bonita, mas você tem que saber quando acaba", disse o goleiro, de 37 anos.

Kahn defendeu a seleção da Alemanha em 86 oportunidades. O seu melhor momento foi justamente na Copa do Mundo de 2002, quando foi o capitão da equipe.

No Mundial de 2006, ele perdeu a posição de titular para Jens Lehmann. Entretanto, acabou disputando a última partida da Alemanha na Copa, neste sábado, contra Portugal.

Na partida contra Portugal, Kahn foi o jogador que teve o nome mais gritado pela torcida alemã. Tanto na entrada dos atletas em campo quanto nos lances da partida ele foi ovacionado pelo público.

No jogo, ele não teve muito trabalho. E não teve culpa no gol de Nuno Gomes no fim da partida.

"Foi um dos jogos com maior carga emocional para mim, se não o maior de toda a minha carreira. Hoje foi a minha última partida pela seleção e não poderia sonhar com um fim de carreira melhor", disse Kahn.

A carreira de Kahn começou no pequeno Karlsruhe. Em 1994, ele foi para o Bayern de Munique, clube que defende até hoje. Na seleção, foi convocado pela primeira vez em 1994.

Os principais títulos conquistados por Kahn foram a Liga dos Campeões e o Mundial Interclubes de 2001. Ele também foi seis vezes campeão alemão.

Pela seleção da Alemanha, disputou quatro Copas do Mundo, e foi campeão da Eurocopa de 1996.

SELEÇÕES