Yara Fantoni

Yara Fantoni

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Opinião

A foto do Neymar e a resposta do Gabigol são tudo de bom pro nosso futebol

Podem me criticar, mas eu precisava falar e, sinceramente, o futebol brasileiro jamais seria o mesmo sem Neymar e sem Gabigol.

Respeito quem não gosta, quem tem ressalvas. Só não entendo quem torce contra. Porque, pra mim, a gente não deveria torcer contra ninguém.

Neymar e Gabigol criam engajamento, movimentam as redes sociais. Hoje o Neymar postou uma foto na academia com a camisa do Flamengo com o número 10 de Gabigol, que é seu parceiro. Inclusive, o Gabigol já namorou a irmã do Neymar. A partir da foto começou a especulação. 'Ah, será que o Neymar vem pro Flamengo, será que ele vai disputar o Mundial?' Torcedores e jornalistas passaram a debater.

O Gabigol, que gosta da resenha, foi lá e fez o quê? Repostou com dois coraçãozinhos ali e ainda disse, 'Ah, será que combina?'.

Eu sou muito a favor de vestir uniforme de time, acho que faz parte da cultura do brasileiro de trocar a camisa ali ao final das partidas. O Neymar, inclusive, já participou de live com o Diego Ribas e falou que ficou feliz com a virada do Flamengo em 2019 em cima do River, na final da Libertadores, aquele título mágico do Flamengo.

Gosto demais dessa resenha, dessa leveza dentro do futebol. Eu tenho saudade do futebol raiz e eu acho que o Neymar e o Gabigol são peças fundamentais nisso. Essa troca deles é muito boa, aí você vai e encaminha pro amigos, que também compartilha, dá aquela risada e assim vai.

Sim, eu sei que o Neymar tem contrato até o final do ano que vem lá no clube dele, mas só o barulho legal já valeu. Toda essa movimentação faz bem pro futebol.

Não é legal? Gosto disso... por mais leveza, por um futebol mais gostoso, que traga sorriso no rosto!

Tá bom?
É isso, a gente gosta e se entretém muito.

Continua após a publicidade

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Deixe seu comentário

Só para assinantes