PUBLICIDADE
Topo

Vitor Guedes

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Palpites do Vitão da 14ª rodada do Brasileirão

Depois de bater o Santos pela Copa do Brasil, Vítor Pereira, mesmo sem repetir o time, espera repetir a dose pelo Brasileirão - Marcello Zambrana/AGIF
Depois de bater o Santos pela Copa do Brasil, Vítor Pereira, mesmo sem repetir o time, espera repetir a dose pelo Brasileirão Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
só para assinantes
Vitor Guedes

Vitor Guedes é jornalista e professor universitário pós-graduado em Português, Língua e Literatura pela UMESP, autor do livro "Paixão Corinthiana", com passagens por Jovem Pan, Lance!, Site do Corinthians, BandNews FM, Agora São Paulo, FAPSP e UNG. Com Copas do Mundo, Mundial Libertadores, Brasileiros e dezenas de Paulistas no currículo, Vitor Guedes é 1977, pai do Basílio, ZL e, atualmente, é colunista do UOL Esporte e comentarista do Baita Amigos no Bandsports

Colunista do UOL

24/06/2022 10h52Atualizada em 24/06/2022 10h52

Independentemente do que acontecer nos 10 jogos da 14ª rodada do interminável Campeonato Brasileiro de pontozzz corridozzz, não haverá mudança na liderança (Palmeiras) nem na vice-liderança (Corinthians), mas as partidas podem fazer quem está no meio da achatada tabela tanto se aproximarem do G4 quanto se avizinharem do Z4!

Palpites

Inter 2 x 1 Coritiba

Após o vexame de permitir a virada do Botafogo ao ser presenteado com um "pênalti" absurdo inventado e uma expulsão injusta do rival logo no início, o Colorado tem obrigação de fazer a lição de casa contra o Coritiba para não deixar o pelotão da frente desgarrar. Já o Coxa, apenas um ponto acima da zona da degola, precisa pontuar.

Athletico-PR 1 x 0 Red Bull Bragantino

Jogando em casa, o atual campeão da Sul-Americana, que cresceu de desempenho desde a chegada de Felipão, é favorito contra o seu vice, que está estagnado no longevo trabalho de Maurício Barbieri.

Flamengo 1 x 1 América-MG

Alijado da disputa do título brasileiro, o Flamengo, além de encontrar o seu futebol, sabe que não pode se dar ao luxo de perder quarta para o Tolima, na Colômbia, e correr o risco de, em julho, já estar, sem chances reais de nenhuma conquista na temporada.

Corinthians 1 x 0 Santos

Às vésperas de abrir as oitavas de final da Libertadores, na terça, contra o Boca Juniors, certamente o treinador corinthiano Vítor Pereira não vai repetir a formação com o que tem de melhor neste sábado e, pois, é inimaginável um novo 4 a 0 sobre o Peixe. Em relação ao Santos, vai ser difícil, seja com qual escalação for, Fabián Bustos motivar o seu grupo após entregar a cabeça de seus jogadores publicamente na kamikaze entrevista coletiva após o atropelamento na Neo Química Arena. Logo após o jogo (19h), por volta das 21h deste sábado, eu e Ricardo Perrone comandamos a Live do Corinthians no canal do UOL Esporte.

Atlético-MG 2 x 1 Fortaleza

O Galo está a 7 pontos do líder Palmeiras; o vice-lanterna Fortaleza, a 5 pontos do primeiro time (Goiás) fora do Z4. Cada um dentro do seu objetivo, a vitória é fundamental, mas, óbvio, pelos fatores campo, torcida e elenco, o favoritismo é todo atleticano.

Botafogo 2 x 2 Fluminense

Empatados com 18 pontos e 5 vitórias (o Flu está à frente no saldo de gols, +1 a -2), a tendência é que os rivais façam um clássico bastante equilibrado. E, pelas deficiências defensivas, com muitos gols.

Avaí 0 x 1 Palmeiras

O Avaí faz uma grande campanha dentro da sua expectativa, e o Palmeiras, que vem de derrota para o São Paulo na Copa do Brasil e divide as atenções com a Libertadores (enfrenta o Cerro Porteño, quarta, no Paraguai), sabe que não terá vida fácil em Floripa, mas é imperativo qualificar o líder isolado do Brasileirão como favorito. Mas não será teta, não.

São Paulo 2 x 0 Juventude

Embalado sobre a ótima vitória sobre o Palmeiras na Copa do Brasil, o São Paulo precisa se reabilitar da derrota no Brasileiro para o mesmo Palmeiras e não dá para imaginar outro resultado que não seja uma vitória tranquila sobre o lanterna Juventude, rival já batido pelo Tricolor no mata-mata nacional.

Ceará 1 x 0 Atlético-GO

Com campanhas similares (16 pontos, 2 acima do Z4), o favoritismo do Vozão se deve aos fatores campo e torcida. Se puder, não deixe de perder a entrevista coletiva pós-jogo de Jorginho, técnico do Dragão especialista em desviar o foco com declarações estapafúrdias contra treinadores e torcidas adversárias.

Goiás 1 x 0 Cuiabá

No confronto direto contra a degola, o Goiás, que vive um momento melhor que o adversário, deve usar o fator casa para beliscar os três pontos, sair do Z4 e afundar mais o rival.

Eu sou o Vitor Guedes e tenho um nome a zelar. E zelar, claro, vem de ZL! É nóis no UOL!

Veja:

E me siga no Twitter e no Instagram.

Quem mandou matar Marielle? E por quê?

Justiça para Dom Phillips e Bruno Pereira!