Topo
REPORTAGEM

Peruano recusa férias, volta ao Boca e busca redenção contra o Corinthians

Luis Advíncula voltou ao Boca em vitória contra o Barracas Central na Argentina Imagem: Divulgação CABJ
Tales Torraga

Colunista do UOL

20/06/2022 08h56

O ato emocionou até o cascudo Juan Román Riquelme. Em meio à grande frustração da sua carreira depois de perder um dos pênaltis que tiraram a seleção do Peru da Copa do Mundo, o lateral-direito Luis Advíncula recusou as férias sugeridas pelo Boca Juniors, voltou duas semanas antes aos treinamentos do clube portenho e jogou ontem (19) na vitória por 3 a 1 do clube xeneize contra o Barracas Central pelo Campeonato Argentino.

Jogou bem, inclusive: durou os 90 minutos em campo e foi elogiado pelo técnico Sebastián Battaglia, que valorizou o esforço do peruano por "trocar o chip" depois de amargar a queda com sua seleção.

Advíncula evitou ficar muito tempo no Peru, onde os portais do país relataram até que ele sofria de depressão.

O Boca propôs ao lateral um período maior de descanso, e ele fez exatamente o contrário: abriu mão do tempo livre e retomou os treinos e os jogos em Buenos Aires justamente para reverter o dissabor.

O peruano agora foca suas atenções no confronto contra o Corinthians pelas oitavas de final da Libertadores. O primeiro jogo ocorre em São Paulo no dia 28, com o segundo sendo disputado na Bombonera, em 5 de julho.

O que também motivou Advíncula a abrir mão das férias é a ausência do outro lateral. O colombiano Frank Fabra, pela esquerda, estará suspenso por cartões amarelos, cedendo lugar ao juvenil Sández, de 21 anos.

Desta maneira, Advícula sabe que sua utilidade ao esquema de Battaglia será ainda maior diante do Alvinegro.

Advíncula, lateral da seleção do Peru, perdeu pênalti decisivo na partida contra a Austrália Imagem: Mohamed Farag/Getty Images

'Sensacional', diz Riquelme

"Não tenho palavras para descrever o que ele está fazendo", comentou Riquelme ao canal de TV TyC Sports. O histórico camisa 10 hoje é o vice-presidente de futebol do Boca. "Luís deve saber que somos extremamente agradecidos. Todos pedem descanso e reclamam do calendário, e o que ele fez foi sensacional."

O Boca tem só mais um compromisso pelo Campeonato Argentino antes de encarar o Corinthians. Será nesta sexta-feira, na Bombonera, contra o Unión. A ideia inicial de Battaglia é colocar o time reserva e preservar os titulares para a Libertadores.

Ontem, com os principais jogadores em campo, o clube xeneize impôs sua autoridade e ganhou fácil do Barracas Central, gols de Villa, Pol Fernández e Zeballos.

O Boca lidera o Campeonato Argentino com nove pontos em quatro rodadas. Estudiantes, Platense, Newell's e Banfield vêm logo atrás, com sete pontos.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Peruano recusa férias, volta ao Boca e busca redenção contra o Corinthians - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL