PUBLICIDADE
Topo

Tales Torraga

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Argentina estuda voltar a jogar sem público após explosão de casos de covid

River Plate entra no vazio Monumental de Núñez para enfrentar o Vélez Sarsfield - Divulgação CARP
River Plate entra no vazio Monumental de Núñez para enfrentar o Vélez Sarsfield Imagem: Divulgação CARP
Tales Torraga

Jornalista e escritor, Tales Torraga nasceu em Mogi das Cruzes (SP), mas é, segundo os colegas, "mais argentino que os próprios argentinos". Morou em Buenos Aires e Montevidéu, girou pela imprensa brasileira e portenha e escreveu 15 livros ? o último deles, Copa Loca, é sobre a...Argentina nos Mundiais.

Colunista do UOL

07/01/2022 10h14Atualizada em 07/01/2022 10h32

O futebol vive um momento delicado na Argentina pela explosão de casos de covid-19 no país. A reapresentação dos clubes aos treinamentos foi marcada por contágios massivos e diversas recepções dos torcedores sendo canceladas justamente para evitar aglomerações.

O governo do país está de olho no quadro e estuda voltar a fechar os portões dos estádios. Foi o que contou ontem (6) Matías Lammens, ministro de Turismo e Esportes, em entrevista ao canal de TV TN, em Buenos Aires.

"Estamos realmente muito atentos, e o importante é que temos também tempo para decidir", contou, traçando que a volta do calendário local será em 4 de fevereiro, com a Copa da Liga Profissional, uma versão reduzida do Campeonato Argentino.

"Em outros países, [a variante] ômicron tem um pico e depois cai rapidamente. Vamos acompanhar. Prometemos que a saúde estará sempre em primeiro lugar."

A Argentina jogou com portões fechados até outubro, passando a habilitar inicialmente 50% da capacidade dos estádios. Em novembro, tal limite deixou de existir. "O momento é de monitorar o que ocorre para depois decidir."

mati - Divulgação - Divulgação
Matías Lammens
Imagem: Divulgação

Antes da Copa da Liga Profissional, será realizado na semana que vem o Torneio de Verão, envolvendo Boca Juniors, Independiente, San Lorenzo, Talleres, Colo Colo e Universidad de Chile. A competição será entre 14 e 25 de janeiro no Estádio Único, de La Plata, sede escolhida justamente pelo aumento do covid-19 no país. Inicialmente, seria na província de San Juan, onde a Argentina recebeu o Brasil pelas Eliminatórias em novembro.

Lammens tampouco não confirmou a presença de público neste Torneio de Verão: "A ideia, sim, é que a torcida possa ir ao estádio, mas precisamos acompanhar os próximos dias antes de oficializar uma decisão".

Situação crítica

A Argentina informou que ontem (6) teve 109.608 novos contágios, recorde para um único dia desde o começo da pandemia. O país bate esta própria marca todos os dias, somando agora 6.025.303 infectados.

As UTIs adultas no país estão com uma taxa de ocupação de 37%, segundo o Ministério da Saúde.