PUBLICIDADE
Topo

Tales Torraga

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Brilhante, Beccacece supera rejeição e vira ótima pedida a times do Brasil

Sebastián Beccacece, técnico do Defensa y Justicia - Divulgação Defensa y Justicia
Sebastián Beccacece, técnico do Defensa y Justicia Imagem: Divulgação Defensa y Justicia
Tales Torraga

Jornalista e escritor, Tales Torraga nasceu em Mogi das Cruzes (SP), mas é, segundo os colegas, "mais argentino que os próprios argentinos". Morou em Buenos Aires e Montevidéu, girou pela imprensa brasileira e portenha e escreveu 15 livros ? o último deles, Copa Loca, é sobre a...Argentina nos Mundiais.

Colunista do UOL

13/12/2021 09h43

Brilhante. O adjetivo muitas vezes exagerado desta vez define perfeitamente o que foi o trabalho do técnico Sebastián Beccacece em 2021. Com um elenco dos mais modestos, ele levou o Defensa y Justicia a um surpreendente segundo lugar no Campeonato Argentino encerrado ontem (12), atrás só do River Plate de Marcelo Gallardo. E com o detalhe: batendo o campeão de virada em pleno Monumental de Núñez por 3 a 2.

Enfim técnico de ponta

Ao contrário das temporadas anteriores, Beccacece enfim goza de boa aceitação na Argentina e é visto como um treinador de ponta no país. Nem quando esteve no Independiente e Racing, em 2019 e 2020, contava com o atual cartaz que tem entre jornalistas e torcedores. O passado de chiliques é só isso — um passado.

Para os argentinos, Beccacece antes pecava pela soberba com os jogadores, pela acidez das declarações e pela impaciência que exibia até ao lado de outro notório inquieto, como era o caso de seus tempos como auxiliar de Jorge Sampaoli na seleção em 2018.

Com Sebatián Battaglia balançando no Boca, são muitos os preocupados portenhos que conjecturam se Beccacece não seria o nome ideal para assumir seu lugar no comando xeneize. A coluna apurou que não há negociações que indiquem uma troca rápida neste sentido, mas os elogios e a possibilidade de treinar a equipe mais popular da Argentina deveria ser uma pista aos clubes brasileiros que buscam um treinador, incluindo até mesmo o Flamengo. Beccacece é a bola da vez entre os vizinhos, e uma projeção sua em ligas mais sólidas é tida como certa.

Sempre inventivo e esbanjando criatividade na armação das suas equipes, Beccacece preza também pela afiadíssima leitura de jogo que está à altura dos maiores estrategistas da Argentina. Tanto que ganhou admiração pelo título na Recopa Sul-Americana diante do Palmeiras. Os dois confrontos contra o atual campeão da Libertadores na fase de grupos desta edição também chamaram atenção. O Defensa y Justicia perdeu por 2 a 1 com muitos infectados por covid-19 e bateu o Palmeiras por 4 a 3 em plena São Paulo.

Obsessivo, metódico e alucinado por trabalho, BKCC (das grafias mais comuns na imprensa argentina) completa 41 anos na semana que vem, e demonstra enfim ter amadurecido. A excelente campanha à frente do Defensa atesta esta mudança de perfil. Sua saída da equipe argentina deve ser anunciada nas próximas semanas — um dos destinos cogitados é o Elche, da Espanha.

Ele hoje integra facilmente o "top 3" dos técnicos argentinos do momento na América do Sul, ao lado de Marcelo Gallardo e Hernán Crespo. Outros treinadores que brigam por um lugar neste pódio são Juan Pablo Vojvoda, Gabriel Milito, do Argentinos Juniors, Mauricio Pellegrino, do Vélez Sarsfield, e "Cacique" Medina, do Talleres (que é uruguaio).

"Beccasexy"

A boa fase nos gramados é acompanhada por um crescente interesse feminino no seu trabalho. O cabelo longo e o semblante curioso tipicamente argentino até rendem um bem sacado apelido entre suas fãs. Para elas, Sebastián é o "Beccasexy". No meio dos programas esportivos até mesmo da ESPN, a rede mais vista na Argentina, é comum ouvir - com certa ironia - análises do gestual, do vestiário e até da longa cabeleira do treinador, que é casado. Entre os debates sobre o funcionamento do ataque do Defensa, não raramente o assunto deriva para uma discussão sobre seu penteado, se seria alisado (!) ou pintado (!!).

Tabuleiros

Fissurado por xadrez, Beccacece também incorporou o raciocínio dos lances ao seu repertório de trabalho. O treinador foi um dos milhões de telespectadores da série "Gambito da Rainha", enorme sucesso também na Argentina.

"É excelente para a estratégia e para a capacidade de tomar decisões rápidas", afirmou ao site do Racing no final do ano passado, quando dirigia a equipe e carregava seus tabuleiros para cima e para baixo. "Sou daqueles que está disposto a jogar e ocupar a cabeça com um mundo que é realmente sensacional e exige uma concentração que custa muito manter hoje em dia, com tanta distração e cansaço."

O apreço do treinador pelo xadrez foi tamanho que ele inclusive organizou torneios com os jogadores de todas as categorias do Racing - dos profissionais aos juvenis, algo que repete no Defensa y Justicia sempre que a rotina nos gramados permite. "Muitos pensam que o xadrez é aquele jogo demorado, interminável, mas hoje com os tempos mais curtos para cada jogador, é ótimo para treinar a rapidez e a capacidade de agir sob pressão, um complemento excelente para o futebol."