PUBLICIDADE
Topo

Tales Torraga

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Começa hoje: 5 histórias para ver o novo (e bem louco) Campeonato Argentino

Colón campeão da Copa da Liga Argentina - Divulgação/CA Colón
Colón campeão da Copa da Liga Argentina Imagem: Divulgação/CA Colón
Conteúdo exclusivo para assinantes
Tales Torraga

Jornalista e escritor, Tales Torraga nasceu em Mogi das Cruzes (SP), mas é, segundo os colegas, "mais argentino que os próprios argentinos". Morou em Buenos Aires e Montevidéu, girou pela imprensa brasileira e portenha e escreveu 15 livros ? o último deles, Copa Loca, é sobre a...Argentina nos Mundiais.

Colunista do UOL

16/07/2021 12h00

Disputado desde 1893 (no formato profissional desde 1931), o alucinante Campeonato Argentino abre sua fábrica de boas histórias nesta sexta (16). Às 19h (de Brasília), o Unión recebe o Boca Juniors, e às 21h15 se cruzam Sarmiento e Estudiantes de La Plata. São os únicos jogos neste arranque.

A competição que começa neste fim de semana leva o nome oficial de "Torneio de La Liga Profesional de Fútbol" e tem mudanças no formato de disputa (todos contra todos, 26 times). Com classificados para a Copa Libertadores e para a Sul-Americana, mas não rebaixados. As piores campanhas, porém, serão computadas para descender de categoria no final do ano que vem (Borges não inventaria melhor).

Cinco histórias para apimentar este começo.

te - Divulgação Conmebol - Divulgação Conmebol
Tevez caminha sozinho contra o Racing
Imagem: Divulgação Conmebol

Boca "meia-boca" e sem camisa 10

O time comandado por Miguel Ángel Russo está mais murcho que uma empanada amanhecida. Exemplo? A ausência de alguém capaz de carregar sua emblemática camisa número 10, a de Diego Maradona e Román Riquelme, atual vice-presidente de futebol do clube.

Carlitos Tevez deixou o Boca e o número seria ocupado pelo colombiano Edwin Cardona, que não voltou à Argentina logo depois da Copa América e corre risco de ter seu contrato rescindido por deixar o time na mão na Libertadores. Escândalo!

Cadê, River?

Lenda-viva do River, Marcelo Gallardo corre atrás do título nacional que lhe falta: o do Campeonato Argentino, pois a Copa Argentina o "Napoleão" Gallardo a faturou três vezes.

mune - Getty Images - Getty Images
Gallardo elogia Palmeiras e diz que River Plate precisa de 'partida perfeita' na semifinal da Libertadores
Imagem: Getty Images

O curioso é que nesses sete anos do técnico à frente da equipe, só em um a conquista esteve próxima, no começo de 2020, quando o Boca virou no fim do torneio.

O principal reforço do clube de Núñez é o atacante Braian Romero, ex-Defensa y Justicia, que estreou bem na Libertadores e já deu assistência para o gol de Matías Suárez.

O novo Centurión

O habilidoso meia-atacante que jogou no São Paulo, no Boca e no Racing está voltando a exibir o futebol que o levou à seleção e o fez ser comparado até a Neymar por sua habilidade e capacidade de tirar os adversários do sério.

Agora com 28 anos e sem os tristes episódios de indisciplina que sempre carregou, Centurión agora tem um novo motivo para brilhar como a torcida do Vélez.

Ele acabou de ser pai e repete em entrevistas que pretende levar a carreira de maneira bem mais tranquila. Veremos se o time do técnico Mauricio Pellegrino contará com esta nova versão. Ricky pensou até em se suicidar depois das mortes da avó e da namorada. Superação total. Ele está de parabéns.

ricky - Getty Images - Getty Images
Centurión cogitou suicídio após mortes de namorada e avó
Imagem: Getty Images

VAR

Sempre famoso pelas patadas e arbitragens desastrada, o Campeonato Argentino espera a adoção do VAR neste seu torneio que começa hoje (e acaba em 12 de dezembro). Já há testes programados (um deles no Racing x Independiente da quinta rodada!), mas ainda não se sabe quando o árbitro de vídeo vai de fato funcionar.

Há uma queda de braço entre os clubes e a AFA para decidir quem banca os custos do equipamento (100 milhões de pesos, R$ 5,3 milhões).

Público

Suas apaixonadas torcidas. Como não?! Já há planos para a volta dos públicos em agosto, ao menos na província de Buenos Aires, casa dos maiores clubes. A ideia é habilitar em agosto de 10% a 15% da capacidade dos estádios, para terminar a competição ao redor de 30% de ocupação.

TV para o Brasil

Sem mudanças ao que era até a última competição, conquistada pelo Colón em cima do Racing no começo de junho. A estreia do Boca na competição será mostrada ao vivo às 19h desta sexta (Fox Sports, narração de Luiz Carlos Largo e comentários de Felippe Facincani).

Outras duas partidas terão transmissão nesta rodada de abertura, ambas no domingo. Às 18h, o River Plate recebe o Colón (na ESPN, com Cledi Oliveira e Thiago Simões), enquanto às 20h15, na Fox Sports, a pedida da vez é Independiente x Argentinos Juniors (com Matheus Suman e André Donke).