PUBLICIDADE
Topo

Tales Torraga

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Tudo sobre o San Lorenzo: como time de Romero busca façanha contra o Santos

Romero comemora gol contra o Santos - Divulgação San Lorenzo
Romero comemora gol contra o Santos Imagem: Divulgação San Lorenzo
Tales Torraga

Jornalista e escritor, Tales Torraga nasceu em Mogi das Cruzes (SP), mas é, segundo os colegas, "mais argentino que os próprios argentinos". Morou em Buenos Aires e Montevidéu, girou pela imprensa brasileira e portenha e escreveu 15 livros ? o último deles, Copa Loca, é sobre a...Argentina nos Mundiais.

Colunista do UOL

13/04/2021 08h00Atualizada em 13/04/2021 08h40

A coluna repassa agora cada um dos titulares do San Lorenzo contra o Santos hoje, às 21h30, em Brasília. Saiba também quais são os pontos fracos e fortes de cada setor e as principais estratégias do técnico Diego Dabove depois da derrota por 3 a 1 na semana passada em Buenos Aires.

DEFESA
É o setor crítico da equipe, que poderia ter perdido por mais gols na partida de ida. Na Copa da Liga Argentina, tem mais gols sofridos (12) que jogos disputados (9).

JOSÉ DEVECCHI - 25 anos - 1m89 / 81 kg - no clube desde jan.18
É aquele típico goleiro que não compromete e também não brilha. Não vem sendo titular absoluto, pois o San Lorenzo faz um verdadeiro revezamento entre ele e Monetti desde a contusão do ídolo Sebastián Torrico.

MARCELO HERRERA - 22 anos - 1m80 / 77 kg - no clube desde jan.19
Deixou o experiente Peruzzi, ex-Boca, no banco. Ataca melhor que o colega e tem mais fôlego para ir e vir, mas ainda assim é falho na marcação e pode ser presa fácil para os contragolpes do Santos.

ALEJANDRO DONATTI - 34 anos - 1m92 / 88 kg - no clube desde jan.20
Experiente demais, mas longe do auge vivido no Rosario Central de Chacho Coudet em 2016. Teve uma discreta passagem pelo Flamengo. É lento e ríspido, e dificilmente vai acompanhar a correria do Santos.

FEDERICO GATTONI - 22 anos - 1m83 / 72 kg - no clube desde fev.19
Atua no lugar de Diego Braghieri, que sofreu lesão muscular. Defensor de qualidades medianas e boa saída de bola. É bem mais veloz que o parceiro Donatti e bastante competente no jogo aéreo, mas demonstra afobação em lances pontuais.

BRUNO PITTÓN - 28 anos - 1m79 / 66 kg - no clube desde jul.17
É dos bons laterais argentinos da atualidade. Joga limpo e dificilmente recebe cartões. Veloz, eficiente e disciplinado taticamente. Bons passes e bons cruzamentos.

MEIO-CAMPO
É um setor de características distintas ao longo da Copa da Liga Argentina e da própria Libertadores. Tem pouco entrosamento porque o técnico mexe demais, seja no sistema (três ou quatro homens) ou na maneira de jogar. Perdeu o competente Palacios, que sofreu lesão no jogo de ida.

DIEGO RODRÍGUEZ - 31 anos - 1m70 / 71 kg - no clube desde jan.21
Uruguaio, se reveza como capitão com o zagueiro Braghieri (ausente nesta noite). Joga duro e tem técnica limitada na distribuição dos passes, mas é o típico jogador que deixa a vida em campo e contagia sua entrega aos demais da equipe.

JUAN RAMÍREZ - 27 anos - 1m74 / 68 kg - no clube desde jul.20
É um competente armador pela esquerda e direita, mas cria buracos nas suas costas. Um dos homens de confiança do técnico Dabove por sua inteligência e por sua raça.

ÓSCAR ROMERO - 28 anos - 1m76 / 66 kg - no clube desde ago.19
Não foi titular no jogo de ida e entra agora para tentar salvar a equipe. É técnico, distribui bem o jogo e é muito entrosado com o seu irmão. Como o San Lorenzo precisa jogar no tudo ou nada, muitos ataques vão certamente passar pelo seu pé.

ATAQUE
Vem de fazer quatro gols na Platense pela Copa da Liga Argentina, mas não chama a atenção nem no futebol local e nem na Libertadores. Outro setor que conta com muitas mudanças. Troyansky, titular na ida, desta vez fica no banco

ÁNGEL ROMERO - 28 anos - 1m76 / 70 kg - no clube desde ago.19
É uma réplica do que fazia no Corinthians, com muita correria e lampejos de talento. Está finalizando melhor do que na sua passagem pelo futebol brasileiro. Em três jogos nesta Libertadores, fez dois gols e deu uma assistência. É a principal esperança nesta noite

NICOLÁS FERNÁNDEZ - 26 anos - 1m65 / 66 kg - no clube desde jan.20
Foi reserva na partida de ida e entrou no segundo tempo. É técnico e habilidoso e tem um chute razoável, mas não costuma levar a melhor contra zagueiros mais pesados que ele. Roda a bola para as finalizações de Romero e Di Santo

FRANCO DI SANTO - 32 anos - 1m93 / 85 kg - no clube desde jul.19
Experiente, oportunista e esperto nas definições - mas instável e muitas vezes apagado, como no jogo de ida. Hoje, com a obrigação de render, será a referência também no combate aos zagueiros, outra característica sua.

TÉCNICO
FRANCO DABOVE - 48 anos - no clube desde jan.21

Ex-goleiro, balança no cargo, por mais que os dirigentes digam o contrário. Está com dificuldade para convencer seu elenco e justificar as inúmeras mexidas na equipe. É daqueles "jogadores de xadrez" que mexem sempre na equipe - seja de acordo com o adversário ou com o momento da partida. Demonstrou muita capacidade no Argentinos Juniors na temporada passada, mas o San Lorenzo custa a assimilar seu estilo que varia do 4-4-2 ao 4-5-1 ao 4-3-3 que deve ser colocado em campo hoje.