PUBLICIDADE
Topo

Tales Torraga

Com 16 classificações e só 3 derrotas, Boca testa fama de algoz brasileiro

Tales Torraga

Jornalista e escritor, Tales Torraga nasceu em Mogi das Cruzes (SP), mas é, segundo os colegas, "mais argentino que os próprios argentinos". Morou em Buenos Aires e Montevidéu, girou pela imprensa brasileira e portenha e escreveu 15 livros ? o último deles, Copa Loca, é sobre a...Argentina nos Mundiais.

Colunista do UOL

02/12/2020 04h00

Depois do adiamento da partida de semana passada pela morte de Diego Armando Maradona, o Boca Juniors encara o Inter às 21h30 (de Brasília) de hoje (2) no Beira-Rio totalmente cômodo no seu papel de rival brasileiro na Libertadores. Os portenhos são enormes carrascos dos times do país: em 19 mata-matas, o Boca se classificou em nada menos que 16 vezes contra equipes do Brasil.

salvio - Alejandro Pagni/AFP - Alejandro Pagni/AFP
Eduardo Salvio, do Boca Juniors
Imagem: Alejandro Pagni/AFP

O desempenho do Boca é tão expressivo que equivale a quase metade das vitórias das equipes argentinas sobre as brasileiras em mata-matas na Libertadores: das 35 séries vencidas pelos clubes vizinhos, 16 são do Boca. Vêm depois River (seis), San Lorenzo e Estudiantes (que eliminaram brasileiros em três mata-matas).

As únicas três derrotas do Boca para brasileiros em duelos diretos foram para Santos (decisão, em 1963), Fluminense (semifinal 2008) e Corinthians (decisão 2012). E as maiores vítimas xeneizes são o Palmeiras (três derrotas, em 2000, 2001 e 2018) e o Cruzeiro (1977, 2008 e 2018).

O técnico Miguel Ángel Russo conta nesta quarta com a volta de Eduardo Salvio, plenamente recuperado de uma distensão muscular. O time titular hoje em Porto Alegre é o seguinte: Esteban Andrada; Julio Buffarini, Lisandro López, Carlos Izquierdoz e Frank Fabra; Sebastián Villa, Nicolás Capaldo, Jorman Campuzano e Edwin Cardona; Carlos Tevez e Eduardo Salvio.

As 16 vitórias do Boca em 19 mata-matas contra brasileiros:

SANTOS 1-1
Ganhou na final de 2003
Perdeu na final de 1963

CRUZEIRO 3-0
Ganhou na final de 1977
Ganhou nas oitavas de 2008
Ganhou nas oitavas de 2018

CORINTHIANS 2-1
Ganhou nas oitavas de 1991
Perdeu na final de 2012
Ganhou nas oitavas de 2013

FLAMENGO 1-0
Ganhou nas quartas de 1991

PALMEIRAS 3-0
Ganhou na final de 2000
Ganhou nas semifinais de 2001
Ganhou nas semifinais de 2018

VASCO 1-0
Ganhou nas quartas de 2001

PAYSANDU 1-0
Ganhou nas oitavas de 2003

SÃO CAETANO 1-0
Ganhou nas quartas de 2004

GRÊMIO 1-0
Ganhou na final de 2007

FLUMINENSE 1-1
Ganhou nas quartas de 2012
Perdeu nas semifinais de 2008

ATHLETICO-PR 1-0
Ganhou nas oitavas de 2019

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.