PUBLICIDADE
Topo

Surfe 360°

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

O amor está no mar; João Chumbinho e namorada campeões no Rio de Janeiro

João "Chumbinho" Chianca voa para o título do QS do Rio de Janeiro - WSL
João 'Chumbinho' Chianca voa para o título do QS do Rio de Janeiro Imagem: WSL
Thiago Blum

É jornalista esportivo desde 1992, mas acompanha o surfe há quatro décadas. Trabalhou por 19 anos na ESPN e atualmente é editor de esportes do Jornal da Band. Cobriu cinco Copas do Mundo e cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Colunista do UOL

18/06/2022 15h25

O feriado não podia ser melhor para a dupla João Chianca e Summer Macedo.

Uma semana que começou com o 'Dia dos Namorados'... e chegou ao sábado com títulos para os dois... na mesma praia, no mesmo campeonato.

O palco da festa conjunta do casal foi a Prainha, um dos pontos mais bonitos da Cidade Maravilhosa.

No 'Layback Pro Rio', QS 1000, com pontuação válida pelo regional da WSL Latin Americana.

summer - WSL - WSL
Summer Macedo, campeã do QS 1000 da Prainha
Imagem: WSL

Summer foi a primeira.

Foram duas baterias perfeitas para subir no lugar mais alto do pódio.

Na semifinal, venceu o duelo da nova geração diante de Yasmin Neves por larga margem.

Fez uma nota média (6,83) e uma high-score (8,67), somou 15,50, contra apenas 7,83.

Com a excelente performance, foi embalada para a decisão contra a peruana, única estrangeira que ameaçou as brasileiras.

Na decisão, ambas não conseguiram placares muito elevados... e a disputa foi decidida nos centésimos. Apesar de Rosas fazer a melhor nota (6,17), Summer ficou com o caneco, por diferença de apenas 0,13.

10,63 a 10,50... e comemoração garantida em verde e amarelo.

E teve mais.

joão - WSL - WSL
João Chumbinho, durante o Layback Pro Rio
Imagem: WSL

Principal nome do surfe carioca na atualidade e uma das grandes revelações dos últimos anos, João Chianca não deu mole pra ninguém, e deu espetáculo para faturar a categoria masculina.

Único ex-top da elite mundial no evento, Chumbinho mostrou em todas as fases do campeonato, porque começou o ano na divisão principal da World Surf League... e que está com disposição de sobra para retomar a vaga entre os melhores do planeta.

Na 3 fases finais, fez notas e somatórios altos, e dificilmente seria batido.

Nas quartas, marcou 15,66 diante de Renan Peres Pulga.

Na semi, um confronto da nova contra a novíssima geração. Encarou Ryan Kainalo, que tem aparecido com frequencia em finais por aqui e no exterior. Vitória do local de Saquarema por 14,00 a 12,54.

chumbinho - reprodução/@miguelpuposurf - reprodução/@miguelpuposurf
Miguel Pupo comemora o título do amigo João Chianca
Imagem: reprodução/@miguelpuposurf

E na decisão, outra batalha RJ x SP... contra Edgard Groggia, um cara da mesma 'turma' de Chianca, que vem buscando seu espaço no cenário mundial.

Ed começou mais forte, mas João acelerou a partir da metade do confronto... e venceu por 14,13 a 12,17.

O campeão pôde comemorar o 18 de junho - 'Dia Internacional do Surf' - com amigos e a namorada.

E pode abrir o sorriso ainda maior no rosto.

Chumbinho está confirmado como um dos convidados para o 'Oi Rio Pro', 8ª etapa do calendário 2022 da WSL, que rola a partir de quinta em Saquarema.

Saquarema? Isso mesmo! No quintal da casa dele!

Vai ser o reencontro com os tops Filipe Toledo, Gabriel Medina, Italo Ferreira e os irmãos Miguel e Samuel Pupo.

A galera, aliás, vibrou com a conquista de hoje.

Na semana que vem, estarão todos juntos, naquela vibe deliciosa do time brasileiro.

E com certeza, eles vão com tudo!

por @thiago_blum / @surf360_