PUBLICIDADE
Topo

Surfe 360°

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Começo complicado para o time brasileiro no US Open of Surfing

Caio Ibelli vence e avança no 1º Challenger Series de 2021 - WSL
Caio Ibelli vence e avança no 1º Challenger Series de 2021 Imagem: WSL
Conteúdo exclusivo para assinantes
Thiago Blum

É jornalista esportivo desde 1992, mas acompanha o surfe há quatro décadas. Trabalhou por 19 anos na ESPN e atualmente é editor de esportes do Jornal da Band. Cobriu cinco Copas do Mundo e cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Colunista do UOL

20/09/2021 23h27

Competir na elite da WSL não é nada fácil.

Mas para muita gente, chegar até lá é ainda mais complicado.

Nesta segunda, começou a 1ª das 4 etapas do 'Challenger Series', circuito da divisão de acesso da World Surf League, que vai classificar 12 homens e 6 mulheres para o Championship Tour de 2022.

O Brasil começou o 'US Open of Surfing' em Huntigton Beach na Califórnia, com a maioria dos atletas da chave masculina: 20 dos 96 competidores.

15 caíram na água e estrearam nesta segunda-feira. E em ondas pequenas, apenas 5 avançaram para a 2ª fase.

Alex Ribeiro e Caio Ibelli, que disputaram o CT em 2021 e tentam a reclassificação, foram os únicos que venceram suas baterias.

Alejo Muniz, Thiago Camarão e Lucas Silveira passaram em segundo lugar.

Alejo Muniz - WSL - WSL
Alejo Muniz em ação durante o US Open of Surfing
Imagem: WSL

Dos 10 eliminados, Mateus Herdy, Wiggolly Dantas, Ian Gouveia, Luel Felipe e Jessé Mendes ficaram em 3º nas suas disputas e se despediram na 49ª posição.

Rafael Teixeira, Miguel Pupo, Samuel Pupo, Michael Rodrigues e Marcos Correa terminaram em último, na 73ª colocação.

Willian Cardoso, João Chumbinho, Edgard Groggia, Lucas Vicente e Weslley Dantas ainda vão estrear.

Peterson Crisanto, que estava classificado, lesionou o pé direito durante os treinos e ficou fora do evento.

A chave feminina começa nesta terça com apenas uma brasileira: a novata Summer Macedo.

Ela estreia na 14ª bateria, contra as australianas Sophie McCulloch e Philippa Anderson, além da havaiana Bettylou Sakura Johnson.