PUBLICIDADE
Topo

Surfe 360°

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Medina x COB: definição do imbróglio sai nesta semana

Gabriel Medina e Yasmin Brunet - Reprodução/Instagram
Gabriel Medina e Yasmin Brunet Imagem: Reprodução/Instagram
Conteúdo exclusivo para assinantes
Thiago Blum

É jornalista esportivo desde 1992, mas acompanha o surfe há quatro décadas. Trabalhou por 19 anos na ESPN e atualmente é editor de esportes do Jornal da Band. Cobriu cinco Copas do Mundo e cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Colunista do UOL

05/07/2021 17h44

Uma polêmica que repercutiu bem mais que as vitórias no circuito mundial.

Chateação que em alguns momentos, superou a expectativa de representar o Brasil na estreia do surfe em Jogos Olímpicos.

A presença ou ausência de Yasmin Brunet no Japão, colocou Gabriel Medina em manchetes bem diferentes das que estamos acostumados a ver.

Vale relembrar: por causa da diminuição no número de pessoas nas competições, o Comitê Olímpico Brasileiro anunciou que cada atleta só poderia levar um acompanhante para a Olimpíada. Segundo a entidade, Medina havia escolhido um técnico como primeira opção, e Yasmin como segunda. Ou seja, ela não poderia ser credenciada como membro da equipe.

A possibilidade de não contar com a parceria da esposa, fez o bicampeão mundial e nome mais midiático do esporte, se pronunciar abertamente contra o COB.

"Eu acho que eu estou sendo muito prejudicado e injustiçado. O COB e a Confederação Brasileira de Surf não estão deixando eu levar para a Olimpíada o estafe que eu estou indicando. Lidero o ranking mundial, nunca tive tantos resultados bom seguidos. Só estou querendo continuar com meu estafe para Tóquio. E não estão me deixando. Não estou colocando ninguém novo. Só eu não estou tendo meu direito respeitado", disse em uma entrevista na semana passada.

Gabriel Medina e Yasmin Brunet - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Gabriel Medina celebra aniversário de Yasmin Brunet
Imagem: Reprodução/Instagram

Com a grande repercussão, o COB - que desde o início havia adotado postura irredutível em relação a qualquer tipo de privilégio, independentemente do nome em questão - preferiu não dar mais detalhes sobre o caso, sem dizer se a questão ainda estava ou não em avaliação. Apenas deixou claro que "está tratando direto com o atleta e que nada mudou até então".

Mas a data do embarque está chegando e o imbróglio que se desenrolou nas últimas semanas, enfim deve terminar nesta semana.

Enquanto aguarda, Medina segue os treinos dentro e fora da água. E aproveita os últimos dias antes da viagem.

Neste fim de semana, ao lado do ator Caio Castro e dos surfistas Pedro Scooby e Ricardo Bocão - e claro, acompanhado de Yasmin - ele se divertiu na Praia da Grama, piscina de ondas artificiais, localizada no interior de São Paulo.

Gabriel Medina e amigos - reprodução / Instagram - reprodução / Instagram
Gabriel Medina surfa em piscina com amigos
Imagem: reprodução / Instagram

Apesar de considerar a presença da mulher indispensável, Gabriel Medina já havia declarado que irá defender o país no Japão de qualquer jeito.

"Eu vou de qualquer forma, mesmo sozinho. É meu sonho ser campeão olímpico e trazer o primeiro ouro do surfe para o meu país. Esse é mais um motivo de poder levar a Yasmin já que ela me ajudará bastante a alcançar esse sonho."