PUBLICIDADE
Topo

Surfe 360°

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Últimas vagas para Tóquio

Italo Ferreira e Gabriel Medina - ISA / Ben Reed
Italo Ferreira e Gabriel Medina Imagem: ISA / Ben Reed
Conteúdo exclusivo para assinantes
Thiago Blum

É jornalista esportivo desde 1992, mas acompanha o surfe há quatro décadas. Trabalhou por 19 anos na ESPN e atualmente é editor de esportes do Jornal da Band. Cobriu cinco Copas do Mundo e cinco edições dos Jogos Olímpicos.

Colunista do UOL

14/05/2021 10h40

Resumo da notícia

  • Surfe ainda tem 12 vagas em aberto para os Jogos Olímpicos de Tóquio
  • 7 mulheres e 5 homens irão se classificar em evento da Internacional Surfing Association
  • 'ISA World Surfing Games' rola de 29 de maio a 6 de junho em El Salvador
  • Já classificados para a Olimpíada, Gabriel Medina e Italo Ferreira vão disputar o torneio
  • Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima, representantes do feminino em Tóquio, também estarão lá
  • Filipe Toledo e Júlia Santos completam o time brasileiro nas ondas de El Sunzal e La Bocana

Faltam 70 dias para o início da Olimpíada.

Quando o surfe enfim, vai estrear oficialmente como esporte olímpico.

E ainda tem muita gente de olho nas lacunas que restam, para realizar o sonho de participar da maior festa do esporte.

Dos 40 atletas que vão disputar as baterias em Tsurigasaki - a cerca de 100 quilômetros de Tóquio - 28 já estão confirmados, 14 homens e 14 mulheres.

Classificados que saíram em 2019, através do ranking mundial da WSL, além dos resultados nos Jogos Mundiais do Japão e no Pan de Lima no Peru.

7 vagas da chave feminina e 5 da masculina ainda precisam ser definidas.

E a última chance rola no final deste mês, nas ondas de El Salvador.

As praias de El Sunzal e La Bocana recebem de 29 de maio a 6 de junho, o 'Surf City El Salvador ISA World Surfing Games'.

Festa global do surfe, que vai receber representantes de 50 países.

El Sunzal, El Salvador - ISA / Ben Reed - ISA / Ben Reed
El Sunzal
Imagem: ISA / Ben Reed

O Brasil já está com o time fechado.

Garantidos na Olimpíada e grandes favoritos ao ouro no Japão, Italo Ferreira - atual campeão mundial - e Gabriel Medina - vice em 2019 - terão que marcar presença no evento.

O mesmo acontece com Tatiana Weston-Webb e Silvana Lima, que carimbaram o passaporte com boas colocações na World Surf League. Para os próximos Jogos Mundiais, a dupla de craques vai receber o reforço da paulista Júlia Santos.

Como também terminou entre os 10 melhores na temporada 2019 da WSL (4º colocado), Filipe Toledo está elegível para disputar os Jogos Olímpicos. Só que cada país pode contar apenas com dois surfistas. Caso Italo ou Medina sofram alguma lesão, Filipinho - mais um brazuca inscrito em El Salvador - vai a Tóquio como suplente.

No 'ISA World Surfing Games' de 2019, o time verde e amarelo encheu o peito de medalhas.

Ouro para Italo Ferreira e bronze para Gabriel Medina no masculino.

Prata para Silvana Lima no feminino.

E o Brasil ainda faturou o título por equipes.