Saque e Voleio

Saque e Voleio

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
ReportagemEsporte

Como discurso de Federer ajudou Bia Haddad após 7 match points perdidos

Beatriz Haddad Maia perdeu set e match points e precisou de uma ajudinha de Roger Federer antes de vencer seu jogo na primeira rodada do WTA 500 de Bad Homburg, na Alemanha. Entenda a sequência de eventos.

Bia tinha o jogo contra a alemã Tamara Korpatsch nas mãos quando uma pessoa passou mal na arquibancada e interrompeu o duelo. Naquele momento, o placar mostrava 6/1, 6/6 e 6/2 no tie-break para a brasileira, que teria quatro match points seguidos.

A tenista da casa ja havia salvo três match points (um no décimo game e outros dois no 12º), mas o momento era da paulista, atual #20 do mundo. Quando a partida recomeçou, contudo, Korpatsch venceu os quatro pontos consecutivos e igualou o tie-break em 6/6. Foi só no oitavo match point que Haddad Maia conseguiu fechar a partida e passar à segunda rodada do torneio por 6/1 e 7/6(6).

Depois da partida, em entrevista ao Tennis Channel, Bia disse que lembrou de um recente discurso de Roger Federer, que falou na cerimônia de formatura deste anos dos alunos da faculdade americana de Dartmouth.

"Eu tento me perdoar quando erro. Na grama, é preciso ser positivo porque vão acontecer coisas que não estão sob o seu controle, e tudo muda muito rápido. Uma das coisas que me ajudou foi o vídeo de Roger Federer. Ele fala que o ponto seguinte é a coisa mais importante. Eu estava tentando fazer isso."

Em seu discurso, Federer afirma que "quando você perde um a cada dois pontos em média, aprende a não remoer cada golpe. Você se ensina a dizer 'ok, fiz uma dupla falta, é apenas um ponto. Subi à rede e levei mais uma passada, é apenas um ponto.' Até um grande golpe, um smash de costas que vai parar na lista de top 10 da ESPN, esse também é apenas um ponto. Vejam por que estou dizendo isto: quando você está disputando um ponto, ele tem que ser a coisa mais importante do mundo. Mas quando ele acaba, fica no passado. Essa mentalidade é crucial porque ela liberta você para se comprometer inteiramente ao ponto seguinte e ao ponto que vier depois com intensidade, lucidez e foco."

Classificada para a segunda rodada em Bad Homburg, Bia vai enfrentar na sequência a russa Anna Blinkova, atual 66ª do ranking. O jogo vale uma vaga nas quartas de final.

.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Deixe seu comentário

Só para assinantes