PUBLICIDADE
Topo

Saque e Voleio

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Nadal erra muito e perde set, mas bate lituano e vai à 3ª fase em Wimbledon

Reuters
Imagem: Reuters
Alexandre Cossenza

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais. Contato: ac@cossenza.org

Colunista do UOL

30/06/2022 16h01

Depois de uma primeira rodada nada espetacular, Rafael Nadal fez uma nova apresentação cheia de falhas em Wimbledon. Nesta quinta-feira, o espanhol cometeu 39 erros não forçados, desperdiçou seguidos break points no segundo set e perdeu a terceira parcial, mas conseguiu se recompor a tempo de evitar um duelo dramático. Na reta final, jogou seu melhor tênis do dia, errou pouco e completou o triunfo sobre o lituano Ricardas Berankis (32 anos, #106 do mundo) no quarto set: 6/4, 6/4, 4/6 e 6/3.

Campeão do Australian Open e de Roland Garros, Nadal agora soma 16 triunfos consecutivos em slams e mantém viva a esperança de completar o Grand Slam de fato - feito em que um tenista conquista os quatro maiores torneios do planeta na mesma temporada. O último a fazê-lo foi o australiano Rod Laver, em 1969. Novak Djokovic esteve a uma vitória de repetir Laver no ano passado, mas foi derrotado por Daniil Medvedev na final do US Open.

Na terceira rodada de Wimbledon, Nadal vai encarar o italiano Lorenzo Sonego (27 anos, #54), cabeça de chave 27, que vem de vitória sobre o francês Hugo Gaston por 7/6(4), 6/4 e 6/4. Será o primeiro duelo entre eles no circuito.

Como aconteceu

Assim como aconteceu na primeira rodada, Nadal esteve longe de seu melhor nível de tênis desde o começo. O espanhol passou boa parte da partida jogando com bolas curtas e precisando bastante de seu primeiro serviço, já que Berankis, veloz e talentoso, lhe dava muito trabalho nos ralis. Rafa precisou de um bom saque para salvar um break point no quinto game e seguiu lutando até ter chances no saque do lituano. Elas vieram no fim do set. No oitavo game, Berankis salvou-se de uma quebra com uma direita que tocou na fita. No décimo, contudo, diante de dois set points (15/40), o lituano jogou um backhand na rede, o que definiu a parcial: 6/4.

Enquanto Nadal seguia falhando e ganhava poucos pontos até com o primeiro serviço, Berankis ficava na partida. No segundo set, o lituano saiu na frente, com uma quebra no terceiro game. Para a sorte de Rafa, o adversário de hoje não tem um grande saque dominante, o que lhe dava chances nos games de devolução. Ainda assim, espanhol sofreu para virar o placar. Ele não conseguiu converter dois break points no quarto game, mas converteu um no sexto - cortesia de um erro do lituano. Berankis ainda salvou dois break points no oitavo game e mais três no décimo. Na quarta chance, porém, um backhand fundo de Nadal forçou um erro do rival e definiu a parcial com outro 6/4.

No terceiro set, Nadal abriu a parcial com dois erros não forçados e cedeu uma quebra já no game inicial. Berankis aproveitou e fez seu melhor set no jogo, vencendo 86% dos pontos com o primeiro saque e cometendo apenas dois erros não forçados em toda a parcial. Assim, sem ceder nenhum break point, o lituano manteve a vantagem até fazer 6/4 e forçar o quarto set. A partida só não ficou mais tensa porque logo no primeiro game do quarto set, após dois winners de backhand de Nadal, Berankis cometeu dois erros e perdeu o saque. Rafa, então, confirmou seu saque de maneira impecável na sequência e abriu 3/0.

O espanhol claramente jogava seu melhor tênis desta quinta-feira, mas a partida foi interrompida pela chuva, e só recomeçou uma hora depois. Berankis confirmou seu serviço no quarto game, mas Nadal manteve o alto nível que mostrava antes da paralisação. O lituano sofreu, mas confirmou seu serviço no sexto e no oitavo games, mas no nono o espanhol disparou três aces, confirmando seu saque e a vaga na terceira rodada. No quarto set, Rafa somou 11 winners e apenas cinco erros não forçados. Foi a única parcial em que o dono de 22 títulos de slam acumulou mais bolas vencedoras do que falhas não forçadas.

.

Quer saber mais? Conheça o programa de financiamento coletivo do Saque e Voleio e torne-se um apoiador. Com pelo menos R$ 15 mensais, apoiadores têm acesso a conteúdo exclusivo (newsletter, podcast e Saque e Voleio TV), lives restritas a apoiadores, além de ingresso em grupo de bate-papo no Telegram, participação no Circuito dos Palpitões e promoções imperdíveis.

Acompanhe o Saque e Voleio no Twitter, no Facebook e no Instagram.