PUBLICIDADE
Topo

Saque e Voleio

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Nadal vence tie-break insano e vai às oitavas no Australian Open

Reuters
Imagem: Reuters
Conteúdo exclusivo para assinantes
Alexandre Cossenza

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais. Contato: ac@cossenza.org

Colunista do UOL

23/01/2022 03h15

Trinta pontos; mais de 28 minutos de duração; quatro set points para um; seis set points para o outro; seguidos ralis com definições espetaculares. Tudo isso foi apenas o tie-break do primeiro set entre Rafael Nadal e Adrian Mannarino na sessão diurna deste domingo na Rod Laver Arena. O espanhol só fechou o game de desempate ao adivinhar que seu rival atacaria no contrapé quanto tinha a quadra aberta para matar um ponto. Depois disso, o caminho de Nadal se abriu. O espanhol aproveitou o embalo para abrir vantagem no segundo set e, depois, com o rival fisicamente abalado, não perdeu mais a dianteira. Por 7/6(14), 6/2 e 6/2, Nadal bateu Mannarino e se classificou para as quartas de final do Australian Open pela 14ª vez na carreira. Em sua 17ª participação no slam de Melbourne, Nadal torna-se, assim, o segundo tenista com mais aparições nas quartas de final do torneio, igualando-se ao australiano John Newcombe. O recorde é de Roger Federer, com 15.

O jogão de hoje marcou a terceira vitória de Rafa sobre o francês de 33 anos, atual número 69 do mundo. Nos duelos anteriores, Mannarino tampouco venceu sets. Na próxima fase, Nadal vai encarar o vencedor do jogo entre o alemão Alexander Zverev, número 3 do mundo, e o canadense Denis Shapovalov, #14.

Como aconteceu

Antes do tie-break, o primeiro set teve apenas um break point, que foi conquistado pelo francês no 11º game. Nadal se salvou e, pouco depois, o game de desempate começou. Rafa parecia ter o game na mão quando fez uma passada espetacular para abrir 6/4, mas Mannarino ganhou um ponto com o saque e, em seguida, disparou uma paralela de forehand para empatar (veja acima). O drama aumentou a cada ponto e a cada jogada improvável, e o francês pareceu ter o game decidido a seu favor quando, diante de um set point, viu Nadal dar uma curtinha ruim. Mannarino chegou inteiro na bola, mas o espanhol adivinhou o lado do ataque e dez uma paralela de backhand para se salvar (veja no tweet abaixo).

Pouco depois, já no sétimo set point de Nadal, Mannarino tinha a quadra aberta para matar o ponto, mas tentou pegar o espanhol no contrapé e não conseguiu. O espanhol adivinhou o lado do ataque e contra-atacou com maestria para matar o ponto e fechar a parcial em 7/6(14).

A vantagem no placar fez diferença no começo do segundo set. Nadal, esbanjando energia e confiança, logo quebrou o saque de Mannarino e abriu 2/0. O francês, pelo contrário, mostrava-se menos intenso e sem a precisão de antes. Quando Rafa abriu 5/1, Mannarino pediu atendimento médico. Pouco depois, sem vacilar, o espanhol sacou e fechou 6/2, estabelecendo uma vantagem quase impossível de anular para um rival com problemas físicos.

Com a mobilidade comprometida, o francês já não conseguia executar com eficiência seu tênis, que consiste em jogar perto da linha de base e redirecionar as bolas usando a potência do adversário. A cada game que passava, ficava mais claro que Mannarino tinha alguma lesão e não conseguiria fazer muito mais. O francês, contudo, lutou e até devolveu a quebra no segundo game, mas seria preciso muito mais. Nadal não aliviou. Voltou a quebrar Mannarino no terceiro game e não olhou mais para trás.

.

Quer saber mais? Conheça o programa de financiamento coletivo do Saque e Voleio e torne-se um apoiador. Com pelo menos R$ 15 mensais, apoiadores têm acesso a conteúdo exclusivo (newsletter, podcast e Saque e Voleio TV), lives restritas a apoiadores, além de ingresso em grupo de bate-papo no Telegram, participação no Circuito dos Palpitões e promoções imperdíveis como esta.

Acompanhe o Saque e Voleio no Twitter, no Facebook e no Instagram.