PUBLICIDADE
Topo

Saque e Voleio

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Medvedev doma Kyrgios e torcida contra e vai à terceira rodada na Austrália

EFE
Imagem: EFE
Alexandre Cossenza

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais. Contato: ac@cossenza.org

Colunista do UOL

20/01/2022 08h14

Nos primeiros minutos da partida, o duelo já era bem claro: Daniil Medvedev apostaria na consistência, enquanto Nick Kyrgios contava com seus saques e a torcida da casa. O australiano havia vencido os dois duelos anteriores contra o atual número 2 do mundo, mas foi diferente nesta quinta-feira. Bem diferente. Medvedev quebrou o saque de Kyrgios logo no terceiro game e deixou claro que seria duro batê-lo do fundo de quadra. O tenista da casa não teve respostas, e Daniil triunfou por 7/6(1), 6/4, 4/6 e 6/2.

Favorito ao título desde que Novak Djokovic foi deportado, Medvedev chega à terceira rodada do Australian Open com apenas um set perdido — justamente contra Kyrgios. Ele vai encarar na sequência o holandês Botic Van de Zandschulp (#57), que avançou após o francês Richard Gasquet (#81) abandonar a partida no terceiro set. Botic vencia por 6/4, 6/0 e 4/0 no momento da desistência.

Como aconteceu

Logo no segundo game, Kyrgios teve duas chances de quebra, mas Medvedev, ciente do perigo de jogar atrás contra um saque tão eficiente, foi impecável, jogando quatro pontos perfeitos em sequência para se salvar. O russo aproveitou o embalo e abriu o game seguinte deixando Kyrgios em 0/40. O australiano encaixou dois bons saques e salvou dois break points, mas no terceiro perdeu um rali do fundo de quadra e viu o favorito abrir vantagem.

O tenista da casa, porém, ainda teria suas chances na segunda metade da parcial. Aproveitando-se de um par de erros do russo, Kyrgios conseguiu devolver a quebra no oitavo game, deixando o placar em 4/4. Medvedev ainda esteve pressionado no 12º game, quando sacou em 5/6 e 15/30, mas um erro bobo de Kyrgios facilitou sua vida. A parcial, então, foi para o tie-break, e o número 2 do mundo foi sólido do começo ao fim. Depois de um winner de Kyrgios, Medvedev venceu sete pontos em sequência e fechou a parcial em 7/6(1).

O segundo set foi tão parelho quanto o primeiro, e o xadrez tático era semelhante. Kyrgios tentava decidir os pontos mais rapidamente, enquanto Medvedev apostava em trocas mais longas. O problema para o tenista da casa é que o russo também vinha sacando muito bem e somando mais aces, o que mantinha Kyrgios pressionado. No décimo game, o australiano finalmente sucumbiu. Primeiro, fez uma dupla falta para ceder dois set points. Depois de ver Medvedev errar uma bola fácil, Nick errou uma esquerda do fundo de quadra, o que definiu a parcial em 6/4 para Medvedev.

Diferentemente de outras ocasiões, o australiano não se abateu ao ficar dois sets abaixo e deu um show na parcial. No sétimo game, fez a torcida despertar ao ganhar um ponto com um voleio espetacular e, pouco depois, quebrou o saque de Medvedev para abrir 4/3. No game seguinte, ganhou um ponto sacando por baixo e mais outro depois de rebater uma bola por baixo das pernas. A Rod Laver Arena foi à loucura, e Nick aproveitou para abrir 5/3. Sem vacilar, o tenista da casa aproveitou o momento, fez 6/4 pouco depois e mandou o jogo para o quarto set.

A alegria da torcida, porém, não durou muito. Medvedev manteve-se inabalável, fazendo seu jogo e esperando chances. Elas apareceram no sexto game, e o russo quebrou Kyrgios para abrir 4/2. Depois disso, ficou claro que o australiano não tinha mais energia - nem tênis - para conseguir uma virada. Daniil tomou as rédeas do jogo e, com nova quebra, fez 6/2 para selar sua vaga na terceira rodada.

.

Quer saber mais? Conheça o programa de financiamento coletivo do Saque e Voleio e torne-se um apoiador. Com pelo menos R$ 15 mensais, apoiadores têm acesso a conteúdo exclusivo (newsletter, podcast e Saque e Voleio TV), lives restritas a apoiadores, além de ingresso em grupo de bate-papo no Telegram, participação no Circuito dos Palpitões e promoções imperdíveis como esta.

Acompanhe o Saque e Voleio no Twitter, no Facebook e no Instagram.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi informado no texto, Daniil Medvedev perdeu um set no Australian Open. O erro foi corrigido.