PUBLICIDADE
Topo

Saque e Voleio

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Barty brilha em jogão contra Kerber e vai à final de Wimbledon

Ashleigh Barty nas semifinais de Wimbledon 2021 - Reuters
Ashleigh Barty nas semifinais de Wimbledon 2021 Imagem: Reuters
Alexandre Cossenza

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais. Contato: ac@cossenza.org

Colunista do UOL

08/07/2021 11h04

De um lado, a número 1 do mundo, Ashleigh Barty, tenista que mais disparou aces na temporada e dona de uma direita cruzada mortal. Do outro, a canhota Angelique Kerber, campeã de Wimbledon em 2018, com seus saques abertos e devoluções cruzadas. Um duelo de altíssimo nível do começo ao fim, com pouca margem para vacilos, que terminou com Barty mostrando um tênis brilhante nos momentos decisivos, triunfando por 6/3 e 7/6(3) e garantindo seu lugar na final de Wimbledon pela primeira vez como profissional.

Em 2011, com 15 anos, Ashleigh Barty despontou para o mundo do tênis ao se tornar campeã juvenil no slam da grama. Agora, dez anos depois, aos 25, ela terá a chance de se tornar a quarta mulher da Era Aberta (a partir de 1968) a conquistar Wimbledon como juvenil e profissional. Sua adversária sairá do jogo entre a bielorrussa Aryna Sabalenka, atual número 4 do mundo, e a tcheca Karolina Pliskova, ex-número 1 e atual 13ª do ranking. A segunda semifinal será realizada também nesta quinta-feira.

Como aconteceu

Os primeiros minutos mostraram uma Barty mais tensa, que abriu o jogo com uma dupla falta e um par de erros. O nervosismo durou pouco. A australiana logo se encontrou, disparando winners e salvando seu serviço. Em seguida, foi ao ataque e quebrou o serviço de Kerber com uma passada espetacular enquanto se defendia de um smash.

O plano da número 1 era claro: jogar slices no backhand da adversária e, quando possível, agredir com a direita cruzada, evitando dar ritmo ao forehand da canhota alemã. Por pouco, Ash não abriu 4/0. Kerber sacou bem e se salvou de um break point no quarto game, mantendo a diferença em uma quebra. Depois disso, ambas seguiram jogando em alto nível. Barty até vacilou na hora de fechar, quando cometeu uma dupla falta e cedeu um break point, mas se salvou e, pouco depois, fez 6/3 com um ace.

O segundo set começou com uma Kerber mais agressiva, que se beneficiou de um par de erros de Barty para conseguir sua primeira quebra no jogo. Desta vez, foi a alemã que abriu 3/0. Kerber ainda sai de 15/40 no quinto game, se salvando com uma curtinha e um par de winners belíssimos de forehand. A canhota seguiu ditando os pontos em seus games, mas, assim como aconteceu no set anterior, a reta final teve drama.

No nono game, com Kerber sacando em 5/3, Barty brilhou. Abriu o game com um smash que acertou a linha de base e, pouco depois, chegou à quebra com uma passada de direita na cruzada. Pouco depois, a número 1 confirmou seu serviço e igualou a parcial em 5/5. Não demorou muito para ambas confirmassem seus serviços e forçassem o tie-break.

O game de desempate começou com a alemã sacando, e ela cometeu um erro não forçado para deixar Barty em vantagem. A australiana aproveitou e abriu 3/0 vencendo seus dois pontos de saque. Quando Kerber cometeu uma dupla falta e deixou a rival à frente por 4/0, a vantagem ficou grande demais para a número 1. Ash soltou mais uma direita vencedora para abrir 5/0 e um ace para fazer 6/0. A alemã ainda venceu um belo rali e deu uma ótima curtinha para anotar seus primeiros pontos no game, mas não fez muito mais do que isso.

.

Quer mais conteúdo? Conheça o programa de financiamento coletivo do Saque e Voleio e torne-se um apoiador. Com pelo menos R$ 15 mensais, apoiadores têm acesso a conteúdo exclusivo (newsletter, podcast e Saque e Voleio TV), lives restritas a apoiadores, além de ingresso em grupo de bate-papo no Telegram, participação no Circuito dos Palpitões e promoções imperdíveis.

Acompanhe o Saque e Voleio no Twitter, no Facebook e no Instagram.