PUBLICIDADE
Topo

Saque e Voleio

Podcast SeV S02E47: o calendário da ATP para 2021 e o Rio Open

Reuters
Imagem: Reuters
Alexandre Cossenza

Alexandre Cossenza é bacharel em direito e largou os tribunais para abraçar o jornalismo. Passou por redações grandes, cobre tênis profissionalmente há oito anos e também escreve sobre futebol. Já bateu bola com Nadal e Federer e acredita que é possível apreciar ambos em medidas iguais. Contato: ac@cossenza.org

Colunista do UOL

19/12/2020 08h41

O podcast Saque e Voleio, no ar para os apoiadores do blog, chega hoje analisando o calendário do tênis masculino para o começo de 2021 e olhando com mais carinho para as condições especiais em que será disputado o Australian Open e os motivos que fizeram os organizadores do Rio Open anunciarem que o torneio não será realizado em fevereiro (e talvez nem aconteça na próxima temporada).

Na primeira parte, falo sobre os primeiros torneios do circuito masculino (gravei o episódio na noite de sexta-feira, antes de a WTA divulgar suas datas): lembro que torneios deixarão de acontecer, falo dos porquês de um ATP em Antália na Turquia e até argumento que o tradicional torneio de Delray Beach é injustamente vítima de piadas. Em seguida, explico o que motivou ATP e Tennis Australia a realizar três eventos (ATP de Melbourne 1, ATP de Melbourne 2 e ATP Cup) na mesma semana em Melbourne. Lembro também do qualifying do AO, que será em Doha.

Na segunda parte, analiso tudo que envolveu a decisão do Rio Open. Falo do resto calendário, da influência (ou não) do Australian Open, do que pode acontecer com Indian Wells e Miami e os ATPs argentinos de Buenos Aires e Córdoba e, obviamente, do efeito da pandemia nisso tudo. Abordo também a possibilidade de se realizar o ATP 500 carioca sem público e explico por que acho que a IMM decidiu não seguir esse caminho, lembrando que a promotora tem planos de longo prazo para o evento.

No fim, mando um recado de despedida e de muito obrigado para os ouvintes e apoiadores do blog, que estiveram ao meu lado durante 47 episódios gravados e publicados durante 50 semanas de 2020.

Quem já apoia o Saque e Voleio pode acessar o link para o episódio lá no Mural do Apoia.se.

Quem quiser pode aproveitar a ocasião para começar a apoiar o blog (com R$ 15 mensais, você tem direito a conteúdo exclusivo e newsletter semanal, além de brindes e promoções). Basta visitar o Apoia.se, conhecer melhor o programa de financiamento coletivo recorrente do Saque e Voleio e fazer sua contribuição.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.