PUBLICIDADE
Topo

Rodrigo Coutinho

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Athlético sobe no Ranking de Desempenho no Brasileirão

Rodrigo Coutinho

Rodrigo Coutinho é jornalista e analista de desempenho. Acredita que é possível abordar o futebol de forma aprofundada e com linguagem acessível a todos.

Colunista do UOL

22/06/2021 04h00

O Athlético é o líder do Brasileirão com 100% de aproveitamento e um jogo a menos que a grande maioria das outras equipes. No Ranking de Desempenho conseguiu subir mais posições e se aproximar de Red Bull Bragantino e Fortaleza, mesmo entrando em campo menos vezes que os dois primeiros colocados. Pela segunda rodada consecutiva teve a melhor atuação entre todas as equipes e só não está melhor pelo rendimento oscilante contra América-MG e Juventude nos dois jogos iniciais.

00 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho
O Ranking de Desempenho após a 5ª rodada. Flamengo, Cuiabá e Grêmio têm dois jogos a menos. Athlético e Atlético Goianiense um jogo a menos
Imagem: Rodrigo Coutinho

O Santos é outro clube que merece destaque pelas boas atuações nas duas últimas rodadas. O Grêmio mais uma vez não atuou e segura a lanterna junto com o Cuiabá, e o São Paulo segue decepcionando. O Ranking de Desempenho tem como finalidade avaliar o rendimento das equipes. Oferecer ao torcedor uma maneira mais fidedigna de entender se o seu time está evoluindo, estagnado ou regredindo. Independentemente do resultado - que pode ocorrer por muitas variantes no futebol - a proposta é dar de 0 a 5 estrelas de acordo com o que cada equipe fez em campo. As estrelas são somadas a cada rodada e formam o cenário acima.

01 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho
Os detalhes do jogão entre Flamengo e Red Bull
Imagem: Rodrigo Coutinho

Grande jogo para abrir a rodada no Maracanã. O Red Bull Bragantino venceu o Flamengo de virada com um gol no último minuto, foi mais eficiente nas chances que criou, mas o rubro-negro dominou, produziu para vencer o jogo, e Cleiton evitou ao menos dois gols certos com grandes defesas. O time paulista buscou competir do jeito que está acostumado em grande parte do jogo, mas acabou adotando uma proposta mais reativa e foi eficaz assim. Grande noite de Rodrigo Muniz e Artur.

02 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho
Como o Verdão venceu o Coelho
Imagem: Rodrigo Coutinho

Vitória do Palmeiras no último minuto na equilibrada partida contra o América, na manhã de domingo. O time da casa entrou em campo bem desfalcado e fez um 1º tempo ruim. Desconcentrado e pouco intenso. Foi salvo por Jaílson, que chegou a defender um pênalti do organizado e rápido Coelho. Na 2ª etapa o Verdão melhorou, entrou no jogo. Criou oportunidades e Ademir fez falta ao time mineiro para puxar as transições. Willian foi decisivo.

03 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho
Tudo sobre Bahia x Corinthians
Imagem: Rodrigo Coutinho

Depois de um 1º tempo fraco e arrastado pela lenta troca de passes das duas equipes, Bahia e Corinthians até que fizeram um 2º tempo mais animado. O grande problema de baianos e paulistas, porém, permaneceu. Pouca criatividade e irregularidade no controle das ações. O Timão foi melhor nos primeiros 20 minutos dos dois tempos. O Bahia equilibrou e teve momentos superiores na sequência. Mas nada que pudesse justificar um resultado diferente de 0x0. Poucos destaques individuais.

04 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho
Tudo sobre o empate entre Colorado e Vozão
Imagem: Rodrigo Coutinho

Resultado injusto em Porto Alegre. O Ceará foi melhor que o Internacional e poderia ter conseguido a vitória caso não tivesse finalizado tão mal as chances que criou. Atitude forte em campo e imposição de sua proposta na maior parte do jogo. Mostrou que pode fugir da fase ruim. O Colorado foi um time desorganizado na última partida comandada pelo interino Osmar Loss. Confuso e sem identidade. Saiu no lucro com o empate.

06 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho
Os detalhes do clássico San-São na Vila Belmiro
Imagem: Rodrigo Coutinho

Imposição, intensidade e muita movimentação. Foi desta forma que o Santos dominou completamente o São Paulo e venceu o clássico na Vila Belmiro. O jogo em si decepcionou. Muitos erros de passe, transpiração, e pouca criatividade de fato, mas o Peixe foi extremamente competitivo, algo que o Tricolor não conseguiu igualar basicamente em nenhum momento. A marcação por encaixes e perseguições do time de Crespo foi muito mal feita e a equipe de Diniz brincou com isso. Marinho foi o melhor em campo.

07 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho
O que aconteceu no empate entre Fortaleza e Fluminense
Imagem: Rodrigo Coutinho

Duas equipes com propostas diferentes e uma partida bastante disputada no Castelão. Fortaleza e Fluminense empataram em um 1x1 num jogo que se desenvolveu com o Leão dono da posse de bola e das ações ofensivas. Já o time carioca se fechou e jogou mais baseado em contra-ataques, levando perigo em alguns momentos e até abrindo o placar já no 2º tempo. Os cearenses foram mais regulares na produção ofensiva, mas poderiam ter mais velocidade na circulação da bola. Empataram logo na sequência.

08 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho
Os detalhes de Furacão x Dragão
Imagem: Rodrigo Coutinho

Certamente o segundo melhor jogo da rodada aconteceu em Curitiba. Só atrás de Flamengo e Bragantino, Furacão e Dragão fizeram um belo duelo. Times organizados e sabendo o que fazer em todos os momentos da partida. O Athlético foi superior e virou o placar depois de sair perdendo em erro na saída de bola, seu principal pecado ao longo dos 90 minutos. Manteve os 100% de aproveitamento e virou líder diante de um Atlético-GO que dominou pequenos períodos em cada etapa do jogo, mas não teve regularidade.

09 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho
Os detalhes de Juventude e Sport
Imagem: Rodrigo Coutinho

Outro jogo com diferença bem ampla de propostas entre as equipes. O Juventude teve a posse de bola e propôs a partir de um ataque posicional organizado. Já o Sport atuou prioritariamente nos contra-ataques e se protegeu muito bem na 1ª etapa. Aos poucos foi ganhando confiança e até trocou mais passes. Foi superior até o intervalo. No 2º tempo o time da casa melhorou sua transição defensiva e cresceu com a entrada de Marcos Vinícios pela esquerda. Anulou os contragolpes do Leão e fez o gol da vitória no fim com Matheus Peixoto. O Leão parou depois do 1º tempo.

13 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho
O Ranking de Desempenho após a 5ª rodada. Flamengo, Cuiabá e Grêmio têm dois jogos a menos. Athlético e Atlético Goianiense um jogo a menos
Imagem: Rodrigo Coutinho

O Atlético Mineiro perdeu uma grande oportunidade de assumir a vice-liderança do Brasileirão. Mesmo desfalcado, encarou a Chapecoense com um time muito melhor tecnicamente no Mineirão, mas apresentou falhas defensivas constantes e oscilou bastante o comportamento dentro de campo. O time de Santa Catarina foi agressivo com a bola desde o início e poderia até ter saído de Belo Horizonte com um resultado positivo. Ravanelli foi o destaque.

Seleção do Campeonato

Cada jogador que entra em campo recebe uma nota de 0 a 10 por sua atuação. A nota de partida é sempre 5 e ele vai ganhando ou perdendo pontos de acordo com o que faz em campo. A média das notas define o melhor de cada posição/função. Para fazer parte do time ao final do Brasileirão, é necessário ter participado de ao menos 40% dos jogos.

Cinco foram as mudanças em relação a última rodada. Nino e Pedro Henrique assumem a zaga. Jogaram bem no final de semana, elevaram suas médias e substituem Rodrigo Caio, que pecou no terceiro gol do Red Bull, e Éder, que mais uma vez não jogou e tem só duas partidas na competição. Fábio Santos retorna na lateral-esquerda após jogo seguro contra o Bahia. Se beneficia também pelo nível baixo geral da posição até no Brasileirão.

14 - Rodrigo Coutinho - Rodrigo Coutinho
A seleção do campeonato após a 5ª Rodada
Imagem: Rodrigo Coutinho

Outro a recuperar o posto foi Edenilson, destaque único na atuação ruim do Inter diante do Ceará. Bruno Henrique não jogou bem e perdeu vaga no time para Rodrigo Muniz, que arrebentou com a partida e recebeu uma nota 8, a melhor atuação individual das cinco rodadas ao lado de Gilberto, do Bahia, contra o mesmo Bragantino na 2ª rodada. Artur, Hulk, Lucas Evangelista, Fernando Miguel, Marcinho e Jadson mantiveram seus postos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL