PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Felipão vai às quartas da Libertadores pela oitava vez em oito disputadas

Felipão orienta jogadores do Athletico em jogo contra o Libertad, válido pela Libertadores - Divulgação / Conmebol
Felipão orienta jogadores do Athletico em jogo contra o Libertad, válido pela Libertadores Imagem: Divulgação / Conmebol
só para assinantes
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

06/07/2022 00h01

O Athletico-PR arrancou um empate no final do jogo, com Rômulo, aos 45 minutos do segundo tempo, e eliminou o Libertad, em Assunção, e garantiu sua classificação às quartas de final da Libertadores.

Depois de vencer o jogo de ida, em Curitiba, na Arena da Baixada, por 2 a 1, o Furacão levou um sufoco do time paraguaio (sofreu 23 finalizações), e saiu atrás do placar, com um gol do veterano Roque Santa Cruz, de 40 anos, no final da primeira etapa.

No segundo tempo, Rômulo, empatou o jogo, que parecia ir para a disputa por pênaltis e colocou o Athletico pela segunda vez em sua história nas quartas de final - a outra foi em 2005, ano em que foi vice-campeão.

O experiente técnico Luiz Felipe Scolari, de 73 anos, chegou às quartas de final da Libertadores pela oitava vez em oito disputadas. O treinador nunca caiu na primeira fase ou nas oitavas de final e sempre avançou às oitavas de final. Campeão em 1995 (com o Grêmio) e 1999 (com o Palmeiras), Felipão foi vice em 2000 (Palmeiras) e chegou ainda à semifinal em 1996 (Grêmio) e 2018 (Palmeiras).

Felipão na Libertadores:
1995 - Grêmio (campeão)
1996 - Grêmio (semifinal)
1999 - Palmeiras (campeão)
2000 - Palmeiras (vice)
2001 - Cruzeiro (quartas)
2018 - Palmeiras (semifinal)
2019 - Palmeiras (quartas)
2022 - Athletico-PR (quartas)

Contra o Athletico-PR, Felipão chegou ao seu 78º jogo pela Libertadores, sendo o terceiro técnico brasileiro com mais partidas na competição, atrás apenas de Renato Gaúcho (83) e Muricy Ramalho (79). Na próxima fase, Felipão já poderá passar para a segunda posição. Em número de vitórias, Felipão (com 45), está atrás apenas de Renato Gaúcho, recordista com 50.

Siga Rodolfo Rodrigues no Instagram

Siga Rodolfo Rodrigues no Twitter