PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Empate com sabor de vitória para o Corinthians na Bombonera

Willian briga pela bola em Boca Juniors x Corinthians, jogo válido pela Libertadores - Agustin Marcarian/Reuters
Willian briga pela bola em Boca Juniors x Corinthians, jogo válido pela Libertadores Imagem: Agustin Marcarian/Reuters
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

17/05/2022 23h27

O Corinthians empatou com o Boca Juniors nesta terça-feira (17) por 1 x 1, no estádio La Bombonera, em Buenos Aires e deu um grande passo rumo à classificação para as oitavas de final da Libertadores como líder do Grupo E.

Depois de sair na frente logo aos 13 minutos, com um gol do volante Du Queiroz, o Corinthians recuou de mais, levou o empate ainda no primeiro tempo (Benedetto marcou aos 42 minutos). Na segunda etapa, o time de Vítor Pereira levou um sufoco, teve o volante Cantillo expulso aos 24 minutos e precisou se segurar para garantir o resultado.

Segundo as estatísticas do SofaScore, o Boca Juniors teve um amplo domínio na partida. Além de ter uma posse de bola muito maior (75% x 25%), o time argentino deu 14 finalizações contra apenas 1 do Corinthians, no gol de Du Queiroz. O time argentino teve duas grandes chances para marcar, a última delas aos 46 minutos do segundo tempo, quando Salvio cabeceou sozinho para fora. Foram 629 passes do Boca contra apenas 213 do Corinthians, que acertou somente 66% dos seus passes, contra 89% do Boca. Empate com sabor de vitória para o Corinthians.

Mais uma vez o Corinthians volta da Bombonera sem vitória — pela quarta vez na história da Libertadores. E mais uma vez atuou de forma acuada, com muitos erros de passe, pouca ofensividade e muito nervosismo. Algo que parece fazer parte do Corinthians na história da competição, ainda mais na Argentina.

Nessa Libertadores, apesar da liderança, o Corinthians segue sem vencer e convencer fora de casa. Depois de estrear com derrota para o fraquíssimo Always Ready (2 x 0), o Corinthians ficou no empate contra o Deportivo Cali (0 x 0), no jogo em que Cássio pegou um pênalti e Fábio Santos desperdiçou um também.

O Corinthians volta a jogar pela Libertadores na última rodada em casa, contra o Always Ready, para confirmar o primeiro lugar no grupo e evitar o confronto contra um dos favoritos (Atlético-MG, Palmeiras, Flamengo, River Plate ou ainda o Estudiantes, que vem fazendo boa campanha) nas oitavas de final.

Até lá, Vítor Pereira vai precisar trabalhar bem para mudar essa postura do time como visitante. Desse jeito, dificilmente vai avançar nos mata-matas.

Siga Rodolfo Rodrigues no Instagram

Siga Rodolfo Rodrigues no Twitter