PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Palmeiras é o brasileiro com mais goleadas na história da Libertadores

Raphael Veiga comemora gol marcado pelo Palmeiras na partida contra o Independiente Petrolero, válida pela Libertadores - Daniel Rodrigo / Divulgação Conmebol
Raphael Veiga comemora gol marcado pelo Palmeiras na partida contra o Independiente Petrolero, válida pela Libertadores Imagem: Daniel Rodrigo / Divulgação Conmebol
só para assinantes
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

03/05/2022 23h25

Atual bicampeão da Libertadores, o Palmeiras vem fazendo uma campanha arrasadora em 2022 e segue colecionando recordes na história da competição. Nesta terça-feira, o time do técnico Abel Ferreira ganhou mais uma partida por goleada e venceu o Independiente Petrolero, na Bolívia, por 5 x 0.

Com o resultado, o Palmeiras garantiu sua classificação antecipada para as oitavas de final e agora terá dois jogos em casa para confirmar a melhor campanha geral -- e poder decidir as oitavas, quartas e semi em casa. Com os 5 gols marcados hoje, o Palmeiras chegou a 20 gols na atual edição e já figura como um dos melhores ataques na história da fase de grupos da Libertadores, ficando a apenas um do recorde geral, do River Plate (21 gols em 2020).Mais gols na fase de grupos na Libertadores (1960-2022):
21 River Plate (2020)
20 Cruzeiro (1976)
20 Blooming (1985)
20 América de Cali (2000)
20 Cruzeiro (2011)
20 Palmeiras (2020)
[20] Palmeiras (2022) (4 jogos)

Nesta fase de grupos da Libertadores 2022, o Palmeiras vai enfrentar ainda Emelec-EQU e Deportivo Táchira-VEN em casa, podendo facilmente superar esse recorde de 21 gols do River. Com média de 5 gols por jogo, o Palmeiras precisa de apenas 2 gols em 2 jogos em casa.

Com três goleadas nesta atual edição, o Palmeiras chegou a 40 vitórias por goleada na história da Libertadores, se isolando cada vez mais como o brasileiro com mais vitórias por três ou mais gols de diferença na competição.

Mais vitórias por goleada na Libertadores (1960-2022):
[40] - Palmeiras (213 jogos)
30 - Cruzeiro (166 jogos)
26 - São Paulo (199 jogos)
25 - Grêmio (207 jogos)
24 - Flamengo (152 jogos)
20 - Santos (153 jogos)
18 - Corinthians (125 jogos)
15 - Internacional (140 jogos)
13 - Atlético-MG (107 jogos)
6 - Vasco (74 jogos)
5 - Athletico-PR (68 jogos)

Mais vitórias fora do Brasil na Libertadores (1960-2022):
[44] Palmeiras
30 Grêmio
28 Cruzeiro
28 Flamengo
28 Santos
21 São Paulo
17 Corinthians
17 Internacional
14 Atlético-MG
14 Fluminense
10 Vasco
8 Athletico-PR
5 Botafogo
5 São Caetano

Com a vitória por 5 x 0 sobre o Independiente Petrolero-BOL, o Palmeiras chegou a 18 jogos sem derrota como visitante na Libertadores, aumentando ainda mais seu incrível recorde na competição. Sua última derrota foi na fase de grupos de 2019, para o San Lorenzo. Nesses 18 jogos, foram 13 vitórias, 5 empates, 39 gols feitos e apenas 11 gols sofridos.

Mais jogos sem derrota como visitante na história da Libertadores (1960-2022):
[18] Palmeiras (2019-22)
12 River Plate-ARG (2018-19)
10 Boca Juniors-ARG (1966-70)
[10] Atlético-MG (2019-22)
10 Flamengo (2020-22)
10 Vasco (1998-01)
9 Colo-Colo-CHI (1989-91)
9 Racing-ARG (1967)

Palmeiras nos últimos 18 jogos como visitante na Libertadores (2019-2022):
[13] vitórias
5 empates
0 derrota
[39] gols feitos
11 gols sofridos

Para completar a série de marcas importantes, o meia Raphael Veiga, com 3 gols em cima do Petrolero, chegou a 14 gols e se tornou o maior artilheiro do Palmeiras na história da Libertadores, desde 1960, superando Rony, que havia quebrado o recorde de Alex ainda nesta edição.

Maiores artilheiros do Palmeiras na Libertadores (1960-2022):
[14] Raphael Veiga
13 Rony
12 Alex
11 Borja
11 Tupãzinho
11 Willian
9 Ademir da Guia
9 Lopes
8 César Maluco
8 Dudu
8 Edmundo
8 Gustavo Scarpa
7 Luiz Adriano
[7] Rafael Navarro