PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Atlético-MG está a 3 jogos de recorde de invencibilidade na Libertadores

Jogadores do Atlético-MG comemoram gol marcado contra o Tolima, em jogo válido pela Libertadores - Daniel Munoz / AFP
Jogadores do Atlético-MG comemoram gol marcado contra o Tolima, em jogo válido pela Libertadores Imagem: Daniel Munoz / AFP
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

07/04/2022 10h03

O Atlético-MG estreou com vitória na Libertadores 2022 nessa quarta-feira (6), batendo o Tolima por 2 x 0 , na Colômbia. Com o resultado, o Galo se tornou o primeiro brasileiro a vencer o time colombiano em Ibagué pela Libertadores, depois de cinco jogos, e chegou a 14 jogos de invencibilidade na competição.

A última derrota do Galo na Libertadores no dia 24 de abril de 2019, para o Nacional do Uruguai, na fase de grupos de 2019. Depois daquele jogo, o Atlético venceu o Zamora-VEN, no último jogo da fase de grupos daquele ano (onde acabou eliminado), ficou 12 jogos sem derrota em 2021 e, agora, conseguiu uma vitória na estreia contra o Tolima. Desses 14 jogos, foram 9 vitórias e 5 empate, com 24 gols feitos e apenas 4 gols sofridos.

No ano passado, o Atlético foi o time com a melhor campanha na fase de grupos da Libertadores, passou por Boca Juniors-ARG (nas oitavas de final) e River Plate-ARG (nas quartas de final), sem levar gol, mas caiu para o Palmeiras após dois empates na semifinal, sendo eliminado de forma invicta.

A sequência de 14 jogos sem derrota do Galo igualou a melhor do rival Cruzeiro na competição, que ficou sem perder 14 partidas também entre 1998 e 2004. Na história da Libertadores, a maior série de jogos sem derrota é de 17 partidas, alcança pelo Sporting Cristal, do Peru, entre 1962 e 1969, e pelo Flamengo, entre 2020 e 2021. No ano passado, o rubro-negro teve a chance de alcançar o recorde isolado, mas acabou perdendo a final para o Palmeiras, em Montevidéu. Entre os brasileiros, o Corinthians detém a segunda maior invencibilidade (16 partidas).

Maiores invencibilidades na Libertadores (1960-2022):
17 jogos - Flamengo (2020-2021)
17 jogos - Sporting Cristal-PER (1962-1969)
16 jogos - Corinthians (2012-2013)
15 jogos - América de Cali-COL (1980-1983)
14 jogos - River Plate-ARG (1977-1978)
14 jogos - River Plate-ARG (2018-2019)
14 jogos - Newell's Old Boys-ARG (1992)
14 jogos - Cruzeiro (1998-2004)
14 jogos - Atlético-MG (2019-2022)

Nos próximos três jogos pela Libertadores 2022, o Atlético-MG terá o rival América-MG, no Mineirão (13/4), vai enfrentar o Independiente del Valle, no Equador (26/4) e volta a enfrentar o América-MG, no Independência (3/5). Se não perder essas partidas, irá igualar a maior invencibilidade na história da Libertadores, de 17 jogos. Depois, fechando a fase de grupos, pegará o Independiente del Valle (19/5) e o Tolima-COL (25/5), em casa, podendo então estabelecer a maior sequência invicta.

Siga Rodolfo Rodrigues no Instagram

Siga Rodolfo Rodrigues no Twitter