PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Rodolfo Rodrigues: Palmeiras estaciona no Brasileirão

América-MG x Palmeiras jogam pelo Brasileirão  - Fernando Moreno/AGIF
América-MG x Palmeiras jogam pelo Brasileirão Imagem: Fernando Moreno/AGIF
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

06/10/2021 23h27

O Palmeiras perdeu com o América Mineiro por 2 x 1 nesta quarta-feira (6), de virada, pela 24ª rodada do Brasileirão, em Belo Horizonte, e chegou ao 3º jogo sem vitória no Brasileirão — e o 5º seguido na temporada. Depois de abrir o placar com Rony no 1º tempo, o time do técnico Abel Ferreira cedeu o empate na segunda etapa e viu o time mineiro virar nos acréscimos, depois ainda de perder um pênalti.

Como de costume, o Palmeiras preferiu se defender e explorar os contra-ataques, sendo dominado em maior parte do tempo. O América, do técnico Vágner Mancini, teve 63% de posse de bola contra apenas 37% do Palmeiras, segundo o SofaScore. Além disso, o Coelho teve mais que o dobro de finalizações na partida: 27 a 12.

Depois de perder para o Corinthians na 22ª rodada (2 x 1 em Itaquera) e empatar com o Juventude em casa na 24ª rodada, o Palmeiras perdeu mais uma vez, somando apenas 1 ponto nos últimos 9 disputados, se distanciando do líder Atlético-MG — tem 11 pontos a menos.

Finalista da Libertadores, o Palmeiras vem numa fase ruim na temporada nesses últimos dois meses. Nos últimos 14 jogos, foram apenas 3 vitórias, 5 empates, 6 derrotas, 15 gols feitos e 18 gols sofridos.

A fase de Abel Ferreira anda nada boa. O Palmeiras vai precisar muito para seguir vivo na briga pelo Brasileirão e para buscar o bi da Libertadores no dia 27 de novembro, em Montevidéu, contra o Flamengo. Sorte que ainda tem muito tempo pela frente.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL