PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Palmeiras leva pequeno favoritismo contra o São Paulo na Libertadores

Tiago Volpi, Rony e Arboleda disputam lance no jogo entre Palmeiras e São Paulo na final do Paulista - Marcello Zambrana/AGIF
Tiago Volpi, Rony e Arboleda disputam lance no jogo entre Palmeiras e São Paulo na final do Paulista Imagem: Marcello Zambrana/AGIF
Conteúdo exclusivo para assinantes
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

23/07/2021 04h00

Finalistas do Paulistão 2021, Palmeiras e São Paulo irão se enfrentar mais uma vez em uma mata-mata na temporada, agora pelas quartas de final da Libertadores. O São Paulo, campeão estadual, volta às quartas do torneio sul-americano depois de cinco anos e carrega um histórico favorável no Choque-Rei. Já o Palmeiras, atual campeão da Libertadores e líder do Brasileirão, vem com um desempenho melhor na temporada. Mas quem é o favorito?

Pelo elenco, pelo momento e por estar fora da Copa do Brasil (e consequentemente ter menos jogos pela frente até os confrontos das quartas), acredito que o Palmeiras leva um pequeno favoritismo.

Nessa temporada 2021, o Palmeiras disputou 41 jogos, três a mais que o São Paulo — final da Supercopa do Brasil e as duas finais da Recopa Sul-Americana. Nessas partidas, teve 26 vitórias, 6 empates e 9 derrotas (68,3% de aproveitamento). Além dos vices na Supercopa, Recopa e Paulistão, o time de Abel Ferreira se classificou com a segunda melhor campanha na fase de grupos da Libertadores, caiu na 3ª fas da Copa do Brasil (para o CRB) e vem liderando o Brasileirão.

O São Paulo, de Hernán Crespo, em 38 jogos, venceu 18, empatou 12 e perdeu 8 (57,9% de aproveitamento). Campeão Paulista, o time foi o segundo em seu grupo na Libertadores, está classificado para as oitavas da Copa do Brasil (pega o Vasco), é o 16º no Brasileirão. No confronto direto com o Palmeiras, porém, o São Paulo levou a melhor nessa temporada: venceu por 1 x 0 na primeira fase do Paulistão (no Allianz Parque) e na segunda final do Paulistão (2 x 0 no Morumbi) e arrancou um empate na primeira final, no Allianz (0 x 0).

Palmeiras x São Paulo em 2021 - parte ofensiva - SofaScore - SofaScore
Palmeiras x São Paulo na temporada 2021 - parte ofensiva
Imagem: SofaScore

Na temporada 2021, pegando o desempenho ofensivos e defensivos das duas equipes, os números são um pouco mais equilibrados do que nas campanhas deles, segundo os dados do SofaScore. Na média de gols, os dois times têm a mesma marca (1,8 por jogo cada). O Palmeiras com 73 gols em 41 jogos e o São Paulo com 70 gols em 38 jogos. Em número de grandes chances criadas por jogo, novo empate (2,3 para cada). Na conversão dessas grandes chances, o time de Crespo é um pouco melhor (52% x 44%), assim como na média de posse de bola (60% x 50%). Em termos de finalizações, o Palmeiras tem uma média melhor (11,3 x 9,7), mas uma pontaria pior (45% x 50%).

Palmeiras x São Paulo em 2021 - parte defensiva - SofaScore - SofaScore
Palmeiras x São Paulo na temporada 2021 - parte defensiva
Imagem: SofaScore

Na parte defensiva, o São Paulo de Crespo vem com números melhores. Em 38 jogos, levou 31 gols (0,82 por jogo). Já o Palmeiras, em 41 jogos, sofreu 37 gols (0,90). Além da média menor de gols sofridos, o São Paulo cedeu menos grandes chances (1,2 x 1,5) e tem médias melhores de desarmes (14,2 x 14,0), bolas recuperadas (57,6 x 54,2) e nos jogos sem sofrer gols (45% x 44%). Mas o Palmeiras precisou de mais grandes chances para sofrer gol (9,8 x 8,5) e foi levemente superior nos duelos (53% x 52%).

No próximo domingo (25), o São Paulo vai enfrentar o Flamengo, fora de casa, pela 13ª rodada do Brasileirão. Na sequência, no meio de semana, quarta (28), recebe o Vasco pela Copa do Brasil. Já no outro sábado (31), joga contra o Palmeiras, no Morumbi, pelo Brasileirão, na prévia do primeiro duelo das quartas da Libertadores. Depois disso, tem ainda Vasco (Copa do Brasil) e Athletico-PR (Brasileirão), fora de casa, antes do confronto contra o Palmeiras pela Libertadores. Ou seja, cinco jogos, sendo três fora de casa.

Já o Palmeiras, que vem de 8 vitórias seguidas na temporada, vai pegar o Fluminense no próximo sábado (24), em casa, o São Paulo fora no outro sábado (31), no Morumbi, e o Fortaleza, em casa, no domingo (8), antes das quartas da Libertadores. Serão 3 jogos sem precisar sair de São Paulo, todos nos finais de semana.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)