PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Os recordes que Cristiano Ronaldo pode bater na Eurocopa 2020

Cristiano Ronaldo marca na partida entre Portugal e Luxemburgo pelas Eliminatórias da Copa - Alexander Scheuber/Getty Images
Cristiano Ronaldo marca na partida entre Portugal e Luxemburgo pelas Eliminatórias da Copa Imagem: Alexander Scheuber/Getty Images
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

04/06/2021 04h00

Capitão da seleção portuguesa na conquista da Eurocopa de 2016, Cristiano Ronaldo volta para a disputa do torneio como a grande estrela da principal competição de seleções do Velho Continente. Aos 36 anos, o jogador tem a oportunidade de quebrar várias marcas na edição de 2020, que será realizada em 2021.

Um dos jogadores com mais gols na história da competição desde 1960 ao lado do francês Michel Platini (9 gols), Cristiano Ronaldo tem a chance de se isolar como o maior goleador da Eurocopa. Dos jogadores em atividade, que mais se aproxima de CR7 é o francês Griezmann, com 6 gols marcados.

Maiores artilheiros da Eurocopa (1960-2016)

9 - Michel Platini (França)
9 - Cristiano Ronaldo (Portugal)
7 - Alan Shearer (Inglaterra)
6 - Griezmann (França)
6 - Thierry Henry (França)
6 - Kluivert (Holanda)
6 - Van Nistelrooy (Holanda)
6 - Rooney (Inglaterra)
6 - Nuno Gomes (Portugal)
6 - Ibrahimovic (Suécia)

Recordista de jogos disputados na fase final da Eurocopa com 21 partidas, Cristiano Ronaldo tem a oportunidade de aumentar ainda mais essa marca. O brasileiro Pepe, de 38 anos, zagueiro da seleção portuguesa, é quem mais se aproxima de CR7 entre os jogadores em atividade.

Mais jogos na final final da Eurocopa (1960-2016)

21 - Cristiano Ronaldo (Portugal)
18 - Schweisteinger (Alemanha)
17 - Buffon (Itália)
16 - Fàbregas (Espanha)
16 - Iniesta (Espanha)
16 - Thuram (França)
16 - Van der Sar (Holanda)

Com quatro Euros disputadas nas costas, Cristiano Ronaldo será o primeiro jogador a entrar em campo em cinco edições diferentes (2004, 2008, 2012, 2016 e 2020). Até hoje, além dele, outros 16 jogadores conseguiram disputar quatro vezes o torneio.

Mais edições disputadas da Eurocopa na fase final (1960-2016)

Cristiano Ronaldo (Portugal) - 2004, 2008, 2012, 2016
Lothar Matthäus (Alemanha) - 1980, 1984, 1988, 2000
Peter Schmeichel (Dinamarca) - 1988, 1992, 1996, 2000
Del Piero (Itália) - 1996, 2000, 2004, 2008
Van der Sar (Holanda) - 1996, 2000, 2004, 2008
Lilian Thuram (França) - 1996, 2000, 2004, 2008
Olof Mellberg (Suécia) - 2000, 2004, 2008, 2012
Buffon (Itália) - 2004, 2008, 2012, 2016
Petr Cech (República Tcheca) - 2004, 2008, 2012, 2016
Ibrahimovic (Suécia) - 2004, 2008, 2012, 2016
Andreas Isaksson (Suécia) - 2004, 2008, 2012, 2016
Kim Källström (Suécia) - 2004, 2008, 2012, 2016
Jaroslav Plasil (República Tcheca) - 2004, 2008, 2012, 2016
Lukas Podolski (Alemanha) - 2004, 2008, 2012, 2016
Tomás Rosicky (República Tcheca) - 2000, 2004, 2012, 2016
Schweinsteiger (Alemanha) - 2004, 2008, 2012, 2016
Darijo Srna (Croácia) - 2004, 2008, 2012, 2016

Contanto os jogos também das Eliminatórias da Eurocopa, Cristiano Ronaldo tem atualmente 56 partidas pela seleção portuguesa e está a dois jogos de igualar a marca do goleiro Buffon, da Itália, recordista com 58 jogos. Em número de gols somando as Eliminatórias, CR7 é também líder isolado com 40 gols, seguido pelo sueco Ibrahimovic (25) e pelo irlandês Robbie Keane (23).

Aos 36 anos, CR7 tem a chance de se tornar o jogador mais velho a marcar em uma final da competição. Até hoje, o recorde pertence ao alemão Bernd Hölzenbein, que fez um gol na final de 1976 contra a Tchecoslováquia. Capitão em 2016, se for campeão de novo, o português poderá também igualar o goleiro espanhol Casillas, que levantou o troféu na fina como capitão em 2008 e 2012.

Jogador com mais gols em diferentes edições (4), Cristiano Ronaldo poderá aumentar ainda mais essa marca, chegando a cinco edições seguidas marcando gols na Eurocopa. Na história, depois de Ronaldo, outros sete jogadores marcaram em três edições seguidas:

Mais edições da Eurocopa marcando gols (1960-2016)

Jürgen Klinsmann (Alemanha) - 1988, 1992, 1996
Vladimír Smicer (República Tcheca) - 1996, 2000, 2004
Nuno Gomes (Portugal) - 2000, 2004, 2008
Thierry Henry (França) - 2000, 2004, 2008
Hélder Postiga (Portugal) - 2004, 2008, 2012
Zlatan Ibrahimovic (Suécia) - 2004, 2008, 2012
Wayne Rooney (Inglaterra) - 2004, 2012, 2016

Para a próxima Euro, em 2024, na Alemanha, Cristiano Ronaldo terá 39 anos e poderá alcançar ainda outros recordes, como o jogador mais velho a marcar numa fase final - o recorde é do croata Ivica Vastic, que fez um gol aos 38 anos e 257 na Eurocopa de 2008. CR7 poderá vir a ser o mais velho a entrar em campo e superar o alemão Matthäus (39 anos e 91 dias na Euro de 2000). Além disso, pode ainda ser o campeão mais velho, superando o holandês Arnold Mühren, de 37 anos e 23 dias em 1988.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL