PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Brasil ganha, mas resultado é o menos importante hoje

Neymar durante a partida Brasil x Equador nas eliminatórias - Buda Mendes/Getty Images
Neymar durante a partida Brasil x Equador nas eliminatórias Imagem: Buda Mendes/Getty Images
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

04/06/2021 23h29

A seleção brasileira ganhou do Equador, nessa sexta (4), de 2 x 0, com gols de Richarlison e Neymar, e segue tranquila na liderança das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa do Mundo de 2022. O resultado, entretanto, teve pouca importância num dia turbulento como esse para a CBF.

A sexta começou com uma briga entre o presidente da instituição, Rogério Caboclo, comissão técnica e jogadores, que ameaçaram não disputar a Copa América, aqui mesmo no Brasil (outra polêmica).

À tarde, explodiu uma denúncia de assédio sexual e moral contra Caboclo: com direito a riqueza de detalhes e frases vulgares.
Nesse circo, o técnico Tite não se posicionou contra os jogadores "rebeldes" e nem apoiou o presidente -- algo visto pela CBF como insubordinação. Afronta ou não, a atitude de Tite pode ter balançado a estabilidade do treinador, que está há cinco anos no cargo.

Nessa guerra entre jogadores, comissão técnica e cartolas, o desmoralizado presidente deverá levar a pior nessa história. Justo.

Por sorte, a situação na tabela e a superioridade da seleção diante dos fracos rivais sul-americanos não vão atrapalhar os planos para a classificação do Catar. Mas essa bagunça toda certamente atrapalhará o planejamento correto para o Hexa.

Em campo, nada de extraordinário no time de Tite contra o Equador. Time apático, Gabigol mal, Neymar sem brilho (fez um gol de pênalti nos acréscimos depois de o árbitro mandar voltar sua cobrança perdida).

Perdem todos.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL