PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Com Ceni, Flamengo só não sofreu gol em 8 dos 35 jogos disputados

Rogério Ceni durante final do Campeonato Carioca no Maracanã - Jorge Rodrigues/AGIF
Rogério Ceni durante final do Campeonato Carioca no Maracanã Imagem: Jorge Rodrigues/AGIF
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

16/05/2021 11h06

Flamengo e Fluminense empataram por 1 x 1 na primeira final do Campeonato Carioca de 2021 nesse sábado (15), no Maracanã. O rubro-negro saiu na frente com um gol de pênalti de Gabigol no primeiro tempo, mas sofreu o empate aos 32 minutos da etapa final, após o uruguaio Abel Hernández cabecear livre.

Nessa temporada 2021, o Flamengo, sob o comando de Ceni levou gol em 11 das 13 partidas (85%) - o time foi treinado por Maurício Souza nas 6 primeiras partidas do Estadual. Nessa 13 partidas, o time sofreu 52 chutes certos (4 por jogo) e tomou 18 gols (1,38 por jogo), segundo o site SofaScore. Em média, o Fla precisou de apenas 2,8 chutes certos dos adversários para levar gol.

Em 2021, o Flamengo não foi vazado apenas contra Bangu (3 x 0) e Volta Redonda (3 x 0). Na Libertadores, o time levou gol em todos os 4 jogos (7 gols sofridos).

No geral, em 35 jogos, sob o comando de Rogério Ceni, o Flamengo levou 44 gols (1,26 por jogo) e levou gol em 27 jogos, ficando apenas 8 partidas sem ser vazado. Na reta final do Brasileirão de 2020, nos jogos realizados no início de 2021, o Flamengo chegou a melhorar com o volante Willian Arão jogando improvisado como zagueiro. Mas nessa temporada 2021, o sistema defensivo não vem funcionando bem.

Com características ofensivas, esse time do Flamengo marcou 73 gols sob o comando de Ceni (1,62 por jogo). Campeão Brasileiro, da Supercopa do Brasil, o time está próximo de ser campeão estadual e já está praticamente classificado para as oitavas da Libertadores. Mas para conseguir seu objetivo maior em 2021, precisará melhor sua defesa e parar de levar gols em bobeadas da zaga.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL