PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Santos termina o Paulistão 2021 na pior colocação de sua história

Pará durante a partida entre Santos e Novorizontino, pelo Campeonato Paulista - Divulgação / Santos FC
Pará durante a partida entre Santos e Novorizontino, pelo Campeonato Paulista Imagem: Divulgação / Santos FC
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

09/05/2021 20h06

O Santos venceu o São Bento por 2 x 0 neste domingo (9) e escapou da queda para a Série A2 do Paulistão. Com a vitória, o time da Vila Belmiro encerrou sua participação no Estadual de 2021 com apenas 13 pontos em 12 jogos (3 vitórias, 4 empates e 5 derrotas) e terminou na 13ª colocação, sua pior na história da competição desde 1913, assim como em 1976.

Em 105 participações anteriores, a pior colocação do Peixe havia sido o 13º lugar em 1976, dois anos depois da saída do Rei Pelé. Naquele ano, o time caiu na primeira fase, não conseguindo de classificar para o 2º turno, que teve 12 clubes.

Na péssima campanha de 2021, o Santos perdeu todos os clássicos e terminou o Paulistão com um saldo negativo de 7 gols. Desde 1945, quando terminou com -12 de saldo, o Peixe não encerrava um Estadual com um saldo tão ruim.

Com 12 gols marcados, o Santos teve uma média de 1 gol por partida, sua pior nos últimos 30 anos. Em 1991 terminou o Paulistão com média de 0,81 gol por jogo. O número total de gols em uma única edição é a 2ª pior em 106 participações. Apenas na 1ª, em 1903, o Santos marcou menos gols (10).

Colocações do Santos no Paulistão (1913-2021)

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)