PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Brasileiros Raphinha e Matheus Pereira ganham destaque na Liga Inglesa

O meia Raphinha, do Leeds, um dos melhores brasileiros na Premier League 2020/21 - Sebastian Frej/MB Media/Getty Images
O meia Raphinha, do Leeds, um dos melhores brasileiros na Premier League 2020/21 Imagem: Sebastian Frej/MB Media/Getty Images
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Rodolfo Rodrigues

05/04/2021 04h00

Dois desconhecidos brasileiros vêm ganhando destaque no Campeonato Inglês com números e atuações bem expressivas: o atacante Matheus Pereira, do West Bromwich, e o meia Raphinha, do Leeds United.

Nesse último sábado (3), Matheus Pereira foi o grande nome na goleada do West Brom sobre o Chelsea por 5 x 2 fora de casa, no Stamford Bridge. Autor de 2 gols e 2 assistências, o atacante de 24 anos vem fazendo um ótimo campeonato pelo time, que apesar de ótima vitória, continua na vice-lanterna.

Nessa edição da Premier League, Matheus tem 7 gols e 5 assistências, tendo participado diretamente de 12 dos 25 gols de sua equipe. Nascido em Belo Horizonte, o atacante saiu cedo do Brasil, quando foi para jogar nas categorias de base do Sporting-POR aos 14 anos. Sem conseguir destaque no time de Lisboa, Matheus foi emprestado para o Chaves-POR (na temporada 2017/18), para o Nuremberg-ALE (2018/19) e para o West Bromwich-ING (em 2019/20).

Pelo clube inglês, foi um dos destaques na campanha do acesso para a primeira divisão e acabou sendo contratado em definitivo por 8,25 milhões de euros. Hoje, está com o passe avaliado em 13 milhões e sendo cogitado para defender a seleção portuguesa na próxima Euro, em junho.

Já o meia Raphinha, também de 24 anos, vem brilhando em sua primeira temporada na Inglaterra. Revelado pelo Avaí em 2015, o jogador também foi para Portugal, jogando suas três primeiras temporadas no Vitória de Guimarães. Em 2018, foi o 4º maior artilheiro do Campeonato Português com 18 gols, sendo então contratado pelo Sporting por 6,5 milhões de euros.

Na temporada seguinte (2018/19), pelo novo clube, fez um bom campeonato e acabou comprado pelo Rennes, da França, por surpreendentes 21 milhões de euros. Um ano depois de atuar na Liga Francesa foi emprestado ao Leeds e em seguida comprado em definitivo por 18,6 milhões de euros.

Com 6 assistências na Premier League, Raphinha é o brasileiro com mais assistências nas 5 principais ligas da Europa nessa temporada 2020/21. Autor de 6 gols, é um dos principais artilheiros do Brasil no Velho Continente nessa temporada e um dos destaques do time do técnico Marcelo Bielsa, que ocupa a 11ª colocação após 31 rodadas. Em alta, pode até vir a ser testado em breve pelo técnico Tite na seleção brasileira.

Brasileiros com mais gols nas Top-5 ligas nacionais da Europa (2020/21):
13 - João Pedro (Cagliari)
8 - Gabriel Jesus (Manchester City)
8 - Júnior Messias (Crotone)
7 - Matheus Cunha (Hertha Berlim)
7 - Matheus Pereira (West Bromwich)
6 - Raphinha (Leeds)
6 - Roberto Firmino (Liverpool)
6 - Richarlison (Everton)

Brasileiros com mais assistências nas Top-5 ligas nacionais da Europa (2020/21):
6 - Raphinha (Leeds)
5 - Matheus Cunha (Hertha Berlim)
5 - Matheus Pereira (West Bromwich)
5 - Rafinha (PSG)
5 - Roberto Firmino (Liverpool)
5 - Rodrygo (Real Madrid)
5 - Willian (Arsenal)

Números de Raphinha e Matheus Pereira nas estatísticas do SofaScore no Campeonato Inglês 2020/21:

Raphinha - Matheus Pereira
Jogos: 25 - 26
Gols: 6 - 7
Assistências: 6 - 5
Minutos para participar de gol: 166 - 164
Passes decisivos: 55 - 45
Grandes chances criadas: 10 - 7
Chutes (no gol): 45 (22) - 34 (19)
Dribles certos: 48 (56%) - 31 (54%)
Notas: 7.16 - 7.08

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL