PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Cristiano Ronaldo fez mais gols que Messi e Pelé juntos depois dos 30 anos

Cristiano Ronaldo, atacante da Juventus - ALESSANDRO GAROFALO/REUTERS
Cristiano Ronaldo, atacante da Juventus Imagem: ALESSANDRO GAROFALO/REUTERS
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

Colunista do UOL

09/02/2021 04h00

Ao quebrar o recorde de maior artilheiro em gols oficiais na história do futebol, com 763 gols, o atacante Cristiano Ronaldo chegou a 300 gols após completar 30 anos de idade.

Com essa marca, CR7 tem mais gols depois dos 30 anos do que Pelé e Messi marcaram juntos também depois dos 30. Pelé, que marcou mais da metade dos seus gols oficiais até os 23 anos, anotou 127 gols depois dos 30 anos (17% dos seus gols). Messi, que está com 33 anos e 6 meses, fez 157 gols depois dos 30 anos (22% dos seus gols). CR7 fez 39% dos seus gols após os 30 anos.

Até os 29 anos, Cristiano Ronaldo disputou 718 jogos por Sporting, Manchester United, Real Madrid e seleção portuguesa, anotando 463 gols (média de 0,65 gol por jogo). Depois dos 30 anos, foram 300 gols em 326 jogos por Real, Juventus e Portugal, com a incrível média de 0,92 gol por partida.

Messi, até os 29 anos, teve uma média de 0,85 gol por jogo (565 gols em 701 jogos). Depois dos 30 anos, sua média é de 0,79 gol por partida (157 gols em 198 jogos). Já Pelé marcou 635 gols em 550 jogos (1,15 por partida). Após completar 30 anos, o Rei marcou 127 gols em 275 jogos (0,46 por jogo).

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL