PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

São Paulo passa a ser o favorito ao título do Brasileirão após a 21ª rodada

Jogadores do São Paulo comemoram gol de Gabriel Sara contra o Fortaleza - Kely Pereira/AGIF
Jogadores do São Paulo comemoram gol de Gabriel Sara contra o Fortaleza Imagem: Kely Pereira/AGIF
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

17/11/2020 14h01

Sem perder há 11 jogos e vindo de três vitórias seguidas fora de casa (Palmeiras, Flamengo e Fortaleza), o São Paulo pulou para 3ª colocação com três jogos a menos e passou a ser o maior favorito ao título segundo o site Chance de Gol, que faz os cálculos com base nas probabilidades de vitória, empate e derrota para os jogos ainda não realizados.

Ao final dessa 21ª rodada, o time do técnico Fernando Diniz passou de 19,8% de chance de ser campeão para 42,5%. O Atlético-MG, novo líder, também aumentou bem suas chances, indo de 26,5% na última rodada para 33,2% após bater o Corinthians em Itaquera. Já o Flamengo, que tinha mais de 50% de título depois da última rodada do 1º turno, caiu agora para apenas 5% segundo as estatísticas do site, ficando atrás até do Palmeiras, que subiu para 9,3%. Já o ex-líder Inter tem quase a mesma chance agora que o Grêmio.

Probabilidade de título no Brasileirão 2020 após a 21ª rodada:
1º São Paulo (42,5%)
2º Atlético MG (33,2%)
3º Palmeiras (9,3%)
4º Flamengo (5%)
5º Internacional (4,8%)
6º Grêmio (4,1%)
7º Fluminense (0,5%)
7º Santos (0,5%)
9º Fortaleza (0,01%)
Outros (quase 0% de chance)

O site calcula que quem chegar aos 88 pontos tem 100% de chance de ser campeão. Com 82 pontos, o site dá 99,9% de chance de título. Já com 80 pontos o site calcula 95% de chance de título. Ao final dessa 21ª rodada, o Atlético-MG lidera com 38 pontos. Para chegar aos 80 pontos, precisaria de mais 42 em 18 jogos (77,8% de aproveitamento). Hoje, o São Paulo tem o maior aproveitamento (66,7%), seguido pelo Atlético-MG (63,3%).

Na parte debaixo da tabela, o Botafogo aumentou muito sua chance de ser outra vez rebaixado, indo de 50,1% para 66,4%. Já o Vasco, que ganhou do Sport fora de casa, foi de 59,1% para 36% de chance de cair para a Série B. Já o Bahia, que venceu 4 dos últimos 5 jogos, tem agora apenas 5,6% de chances de ser rebaixado.

Probabilidade de rebaixamento no Brasileirão 2020 após a 21ª rodada:
1º Goiás (97,3%)
2º Botafogo (66,4%)
3º Coritiba (58,2%)
4º Sport (45,1 %)
5º Vasco (36%)
6º Athletico PR (30,5%)
7º Atlético GO (22,7%)
8º Bragantino (19,2%)
9º Corinthians (8,7%)
10º Ceará (8,4%)
11º Bahia (5,6%)
12º Fortaleza (1,8%)
13º Santos (0,05%)
Outros (quase 0%)

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)