PUBLICIDADE
Topo

Rodolfo Rodrigues

Com 15 anos, Ângelo, do Santos, é o mais jovem no Brasileirão desde 2003

Ângelo Gabriel, de 15 anos, o jogador mais novo do Brasileirão na era dos pontos corridos, desde 2003 - Santos/Divulgação
Ângelo Gabriel, de 15 anos, o jogador mais novo do Brasileirão na era dos pontos corridos, desde 2003 Imagem: Santos/Divulgação
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

25/10/2020 17h51

Clube que mais utilizou jogadores da base nesse Brasileirão (15, ao lado do Flamengo), o Santos colocou em campo neste domingo (25) mais uma joia da sua base, o atacante Ângelo, de apenas 15 anos que se tornou o jogador mais novo a atuar na história da competição desde 2003, no início da era dos pontos corridos.

Nascido no dia 21 de dezembro de 2004, Ângelo Gabriel Borges Damaceno, 15 anos, 10 meses e 4 dias, assinou seu primeiro contrato como profissional na última sexta-feira (23) e já foi relacionado e colocado em campo pelo técnico Cuca na partida contra o Fluminense, no Maracanã.

Pelo Santos, Ângelo é agora o segundo jogador mais novo a estrear pelo clube, atrás apenas de Coutinho, superando ainda a marca de Pelé, que também fez seu primeiro jogo aos 15 anos, 10 meses e 15 dias.

Nesse Brasileirão, até então, o recordista era o atacante Sávio, do Brasileirão, que estreou com 16 anos e 5 meses. Entre os santistas, o mais novo era o atacante Marcos Leonardo, que fez seu primeiro jogo com 17 anos, 3 meses e 19 dias.

Na história do Brasileirão, desde 2003, Ângelo quebrou o recorde de Miguel, do Fluminense, que em 2019 estreou com 16 anos e 3 meses.

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.