PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras e Grêmio trilham rota do “empatite” e podem quebrar recorde

Raphael Veiga, do Palmeiras, e Darlan, do Grêmio, no empate por 1 x 1 em Porto Alegre pela 11ª rodada do Brasileirão - Cesar Greco/S.E.P Palmeiras
Raphael Veiga, do Palmeiras, e Darlan, do Grêmio, no empate por 1 x 1 em Porto Alegre pela 11ª rodada do Brasileirão Imagem: Cesar Greco/S.E.P Palmeiras
Rodolfo Rodrigues

Rodolfo Rodrigues é apaixonado por números e estatísticas no futebol. Foi repórter do Lance!, editor da Placar e do prêmio Bola de Prata ESPN e é autor de dez livros sobre futebol.

21/09/2020 11h22

Com o empate contra o Palmeiras, no domingo (20), 1 x 1 em Porto Alegre, o Grêmio chegou a 7 empates no Brasileirão em 10 jogos disputados. Mesmo número de empates do Botafogo, que ficou no 0 x 0 com o Santos no Nílton Santos também no domingo.

Com isso, os dois times alcançaram o recorde do Santos, de 2012, até então o único clube a empatar 7 vezes nos 10 primeiros jogos do Brasileirão na era dos pontos corridos desde 2006, quando passou a ter 20 clubes.

O Palmeiras, único invicto da competição em 2020, vem logo atrás 6 empates, sendo também um dos times com mais empates desde 2006 nas 10 rodadas iniciais, como Atlético-MG (de 2008), Chapecoense (de 2016) e São Paulo (de 2019).

Na história da competição, os recordistas de empates em uma única edição foram Botafogo, Ceará e Flamengo (em 2010), Palmeiras (2011) e Corinthians (2013), todos com 17 empates em 38 rodadas — 44,7% de empates. Grêmio e Botafogo, hoje, têm 70% de empates, e o Palmeiras 60%.

Em 2013, o time do Corinthians, treinado pelo técnico. Tite, hoje na seleção brasileira, ficou conhecido pelo "Empatite", de tanto que empatava. Naquela temporada, o alvinegro empatou 31 dos seus 75 jogos no ano (41,3%). O Palmeiras de Luxa, em 2020, tem 12 empates em 29 jogos (41,4%), o maior número desde 1983, quando empatou 50% dos jogos (33 empates em 66 jogos)

O Grêmio de Renato Gaúcho tem 11 empates em 31 jogos em 2020 (35,5%), seu maior número desde que assumiu o clube há 4 anos, em 2016. Mas no Brasileirão é o que o time vem sofrendo com os empates (70%). Já o Botafogo tem agora 12 empates na temporada 2020 em 27 jogos (44,4%).

Se seguirem nessa toada, Grêmio, Palmeiras e Botafogo podem alcançar os recordes de empates no Brasileirão desde 2006.

Recorde de empates no Brasileirão por pontos corridos desde 2006 (20 clubes) - 38 rodadas:
17 - Botafogo (2010)
17 - Ceará (2010)
17 - Flamengo (2010)
17 - Palmeiras (2011)
17 - Corinthians (2013)

Recorde de empates no Brasileirão por pontos corridos desde 2006 (20 clubes) até a 10ª rodada:
7 - Santos (2012)
7 - Botafogo (2020)
7 - Grêmio (2020)
6 - Atlético-MG (2008)
6 - Chapecoense (2016)
6 - São Paulo (2019)
6 - Palmeiras (2020)

Você pode me encontrar também no twitter (@rodolfo1975) ou no Instagram (futebol_em_numeros)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.